Mercado abrirá em 4 h 49 min

Sampaio Corrêa mantém boa fase, goleia o Cuiabá e segue em busca de vaga no G4

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


Após um início de campanha no Brasileirão Série B com muita instabilidade, o Sampaio Corrêa praticamente deixou a má fase de lado e segue subindo na classificação. Na noite deste sábado (24), a equipe maranhense derrotou o Cuiabá, por 3 a 0, no estádio Castelão, em São Luís.

Com o resultado, o Tubarão subiu para a 9ª colocação, chegando aos 24 pontos somados. Já o Dourado, com o tropeço fora de casa, estacionou na vice-liderança com seus 33 pontos, se afastando da Chape, atual líder da competição, com 36.

O jogo

Iniciando o jogo colocando pressão na equipe do Cuiabá, como no chute de Marcinho que levou perigo ao gol defendido por João Carlos, o Sampaio Corrêa, logo aos 5 minutos, já abriu a contagem no marcador. Aproveitando a sobra na tentativa de Pimentinha, que acabou pegando na defesa, Luis Gustavo mandou a bomba pra fazer 1 a 0 para o time maranhense.

Após o gol marcado, o panorama seguiu igual por mais alguns minutos. Entretanto, mesmo com o Tubarão ainda melhor no confronto, foram poucos os lances de perigo contra o Dourado, que, por sua vez, não oferecia nenhum trabalho ao goleiro Mota, isso tudo até meados dos 25 minutos.

E o Sampaio, não contente com apenas o placar magro, tratou de balançar as redes do adversário novamente, agora aos 28 minutos. Ganhando espaço em campo, Caio Dantas foi avançando até que conseguiu chutar sem chances para João Carlos. 2 a 0.

Na reta final da etapa, bem que o Cuiabá tentou. Criando mais chances com o meia Elvis, as tentativas acabaram parando nas defesas de Mota, levando o resultado parcial a favor da Bolívia Querida para os vestiários.

Com duas trocas na volta para a segunda etapa, Léo Condé optou por reforçar seus sistema defensivo colocando Léo Costa e Paulo Sérgio em campo. Não diferente de como foi no primeiro tempo, o Sampaio pressionava o adversário para aumentar ainda mais sua vantagem, e quase conseguiu chegar aos terceiro tento com Gustavo Ramos.

Na sequência, as coisas complicaram ainda mais para o lado do time de Chamusca, quando Maxwell acabou sendo expulso, após receber o segundo amarelo no lance em que fez falta em cima de Pimentinha. Por outro lado, a equipe local não quis saber dos problemas rivais, e mesmo com algumas trocas por parte dos visitantes, conseguia manter mais a posse de bola em seu campo de ataque quase marcando mais com Robson, que acabou acertando a trave.

Nos últimos momento do confronto, Jackson, aos 43, tratou de dar números finais ao jogo, aproveitando para mandar para o fundo das redes. Sendo assim, o Tubarão apenas administrou o tempo até o apito final do árbitro, fechando o jogo em 3 a 0.