Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,23 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,34 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +0,19 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    50.212,73
    +1.782,05 (+3,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,20 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    -11,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7811
    -0,0048 (-0,07%)
     

Salma Hayek: "me disseram que uma mexicana nunca faria sucesso em Hollywood"

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Actress Salma Hayek attends a press conference for the film 'The Roads Not Taken' at the 70th International Film Festival, Berlinale, in Berlin, Germany, Wednesday, Feb. 26, 2020. (AP Photo/Michael Sohn)
Salma Hayek (AP Photo/Michael Sohn)

Salma Hayek ouviu no início da carreira que uma "atriz mexicana nunca faria sucesso em Hollywood". Em entrevista ao Yahoo Movies, a estrela de "Frida" (2002) contou como superou o preconceito contra latinos no cinema.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Em primeiro lugar, me disseram que uma mexicana nunca faria sucesso. Na época, era impossível pensar em uma mexicana protagonizando um filme em Hollywood. Era como se fosse um sonho absurdo -- que agora se tornou algo bem normal", lembrou ela.

Leia também:

"Eu acho isso ótimo, me sinto orgulhosa. Quero gritar para o mundo todo que deu certo, porque me disseram muitas vezes que não daria, mas eu lutei e venci", continuou, orgulhosa.

No campo dos comentários preconceituosos, Hayek ouviu ainda que a sua carreira "começaria a murchar a partir dos 30 anos". Hoje, aos 54 anos, ela se prepara para estrelar o drama de ficção científica 'Bliss' - e, por isso, é gabaritada suficientemente para transmitir uma mensagem para mulheres de todas as idades.

"Eu quero que as mulheres percebam que, seja aos 30 ou aos 40, sentimos a mesma pressão. Começar algo mais tarde na vida também é lindo. Não estamos 'acabadas' (a partir dos 30). Se você é criativa e entusiasmada, a vida pode ser excitante para sempre", concluiu.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube