Mercado fechará em 1 h 47 min
  • BOVESPA

    107.240,45
    +993,30 (+0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.184,39
    +790,36 (+1,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,52
    +1,93 (+1,76%)
     
  • OURO

    1.839,90
    +24,00 (+1,32%)
     
  • BTC-USD

    30.226,35
    +1.286,01 (+4,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    672,47
    +20,23 (+3,10%)
     
  • S&P500

    3.918,90
    -4,78 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    31.355,67
    -134,40 (-0,43%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    11.951,25
    +15,75 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1809
    -0,0374 (-0,72%)
     

Salas do Twitter Espaços vai ganhar suporte a interações de texto

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Twitter começou a testar um recurso de texto nas salas de áudio do Espaços. A ideia é permitir que os participantes se comuniquem também via tuítes, por escrito, sem precisar ligar o microfone ou interromper os anfitriões durante a fala.

Ao iniciar uma sala nova, organizadores das conversas poderão criar um cartão temático sobre o bate-papo, no qual todas os participantes vão interagir — veja se o ícone de balão de conversa aparece na parte inferior da sala. Isso funcionará como uma thread centralizada e permitirá que as pessoas leiam ou respondam, como se fosse um tuíte regular:

Mesmo se não houver resposta de ninguém, o cartão pode funcionar como uma ferramenta extra de compartilhamento dos Espaços. Vale lembrar que qualquer pessoa poderá ter acesso a isso, independente de estarem na conversa ou não.

Um registro em texto das conversas de voz

A parte interessante é que tanto o cartão original quanto os tuítes subsequentes ficarão disponíveis na interface do Espaços. Quem não tiver participado ao vivo ainda poderá acessar esse local para saber o que as pessoas comentaram.

A adição não chega a ser uma ferramenta de bate-papo em tempo real, como muita gente quer, mas oferece um recurso próximo a isso, tendo os posts como centro das atenções. É um método interessante para quem deseja interagir sobre a conversa de áudio, mas sem precisar falar.

Segundo o perfil oficial do Espaços, o recurso está em fase experimental para alguns usuários no iOS e Android. Por enquanto, é provável que apenas usuários mais aficionados do chat por voz sejam contemplados, mas futuramente deve ser algo expandido para mais gente.

O Clubhouse, principal concorrente do Twitter Espaços, já possui uma ferramenta de chat escrito para os participantes. Por outro lado, a rede social do passarinho tem planos mais avançados para monetização de conteúdo, como os ingressos pagos e os Superfollows.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos