Mercado abrirá em 6 h 42 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,41
    +0,11 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.754,60
    +4,80 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    44.412,47
    +540,52 (+1,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.109,26
    +0,34 (+0,03%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.485,33
    -25,65 (-0,10%)
     
  • NIKKEI

    30.265,04
    +625,64 (+2,11%)
     
  • NASDAQ

    15.283,75
    -19,75 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2232
    -0,0018 (-0,03%)
     

Sala de reunião em realidade virtual é a aposta do Facebook

·1 minuto de leitura
Rear view of a businesswoman on a video conference with a group of colleagues. Focus is on the woman, the computer monitor is blurred.
Facebook já testa recurso internamente há meses (Getty Image)
  • Companhia aposta em realidade virtual para o mundo corporativo

  • Para simular encontro presencial, plataforma permite integrações de vídeo e rastreio de movimentos

  • Facebook já testa recursos internamente há 6 meses

Mesa, cadeiras, projetor e cafezinho são itens que ficaram parra trás desde a massificação das reuniões virtuais durante o isolamento social. Desde então, notebooks, celulares, fone de ouvido um bom sinal de internet se tornaram essenciais para a troca de ideias na empresa. Pensando em deixar os encontros digitais ainda mais realistas, o Facebook decidiu apostar em um novo componente: a realidade virtual.

Leia também:

Trabalhando em conjunto com a divisão dedicada ao Oculos, a empresa anunciou o lançamento do Horizon Workrooms, uma plataforma direcionada para encontros corporativos durante o home office. O serviço utiliza ferramentas já disponíveis pela companhia para aproximar os participantes das reuniões, como a disponibilização de usuários em avatares digitais.

Integrações de vídeo, rastreio de movimentos de teclado e aproveitamento de áudio permite que os funcionários interajam como se estivessem dividindo o mesmo espaço. De acordo com o The Verge, o Facebook já testa a funcionalidade internamente há seis meses.

A plataforma integra um projeto do Facebook que pretende lançar um universo de integração entre os produtos da marca, aproximando os usuários por meio da realidade virtual.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos