Mercado fechará em 34 mins

Salão de Detroit 2021 é adiado para setembro

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
·3 minutos de leitura
2018 Detroit Auto Show Preview
2018 Detroit Auto Show Preview

Desta vez, a mudança foi para evitar que a feira aconteça logo depois dos salões de Nova York e Los Angeles

Por décadas, o Salão de Detroit aconteceu em janeiro. Porém, o evento perdeu espaço para a Consumer Electronic Show (CES) e a organização decidiu que, a partir deste ano, a feira mudaria para junho. Veio a pandemia de coronavírus, obrigando o evento a ser cancelado em 2020. E, com o anúncio de outros dois grandes eventos nos EUA acontecendo na mesma época, a feira acabou mudando de data para setembro de 2021.

"Nós falamos com muitos de nossos parceiros, particularmente com as empresas de autopeças, e eles ficaram muito animados com a mudança da data" explica Rod Alberts, diretor executivo do NAIAS.

A nova data do Salão de Detroit é entre 28 de setembro e 9 de outubro. Ao sair do período de inverno nos EUA, a feira poderá ter atividades fora do pavilião de eventos, algo que era difícil em janeiro já que a Detroit tem temperaturas abaixo de zero nesta época do ano. A data em junho e até mesmo em setembro ainda permitirá que os expositores façam atrações como test-drives para os visitantes.

As mudanças do Salão de Detroit:

"Nossa responsabilidade como um salão do automóvel é apresentar um palco global para os novos produtos, além de inovações de mobilidade para o futuro", disse Alberts, no comunicado sobre a mudança de data. "Setembro é uma época excelente do ano para um novo produto, e ao mesmo tempo, alivia o desafio de um calendário cheio de eventos como está agora o 2º trimestre."

Sem ter que se preocupar com a neve, o Salão de Detroit irá incluir apresentações mais dinâmicas, passeios, test-drives e outras atividades pela cidade norte-americana. Ele será até dividido em sete mini-eventos, começando no dia 24 de setembro com o Motor Bella, que foca em marcas britânicas e italianas. Os dias de imprensa serão a partir do dia 28 de setembro e o evento abre para o público em geral a partir de 2 de outubro.

Esta é mais uma mudança no calendário global de eventos, que ainda está passando por alterações constantes. As fabricantes estão abandonando feiras deste tipo para investir em eventos próprios, o que foi acelerado com a pandemia. Isso até colocou alguns dos grandes salões em uma situação complicada, como o Salão de Genebra, que corre o risco de acabar.

Os eventos cancelados:

A decisão de mudar a data do Salão de Detroit foi tomada após o Salão de Nova York anunciar que acontecerá em abril do ano que vem, enquanto o Salão de Los Angeles foi adiado para maio de 2021. Isso faria como que os EUA tivessem três grandes feiras seguidas. E, como o Salão de Frankfurt, irá se mudar para Munique e acontecerá no início de setembro, isso liberou as datas no final do mês.


Source: NAIAS