Mercado fechará em 2 h 7 min
  • BOVESPA

    107.908,27
    -3.531,09 (-3,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.610,20
    -697,51 (-1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,62
    -1,35 (-1,88%)
     
  • OURO

    1.764,30
    +12,90 (+0,74%)
     
  • BTC-USD

    44.054,25
    -3.308,53 (-6,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.101,67
    -32,71 (-2,88%)
     
  • S&P500

    4.338,58
    -94,41 (-2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.839,70
    -745,18 (-2,15%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    14.933,75
    -392,25 (-2,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2644
    +0,0650 (+1,05%)
     

Saiba o que considerar antes de comprar um ar-condicionado

·2 minuto de leitura

O inverno é uma das melhores épocas para se comprar um ar-condicionado, já que a menor procura por esses aparelhos faz os preços caírem. Mas a chance de economizar não pode acarretar numa compra por impulso que, futuramente, vai causar dor de cabeça. O técnico em eletrotécnica e mecânica Raphael Peixoto diz que, antes de escolher o modelo, é necessário saber onde ele será instalado.

— Por norma, o ideal é que o equipamento fique de frente para o maior vão. Ou seja, em um cômodo de 10 m x 5 m , o ar-condicionado será colocado na parede de comprimento maior. É o que determina o padrão de instalação — orienta.

O especialista explica que é importante consultar se o aparelho escolhido tem dreno, fator que influencia na hora da instalação. A peça é responsável por remover a água produzida pelo ar-condicionado, retirando a umidade do ambiente.

— É um dos fatores mais complicados para ficar atento ao comprar um ar-condicionado, e normalmente o modelo split exige uma tubulação específica para isso, principalmente em prédios — detalha.

Peixoto afirma que o número de BTUs influencia no gasto de energia. A média calculada é de 600 BTUs por metro quadrado, e 800 BTUs caso a área receba bastante luz solar, tenha muitos aparelhos eletrônicos ligados ou um grande fluxo de pessoas. Sendo assim, instalar um equipamento de baixa potência num cômodo grande não significa economia.

— Ter uma máquina abaixo da capacidade necessária para o espaço vai consequentemente gerar mais consumo. O compressor [cuja função é aquecer e refrigerar o ar] não vai operar como deveria, e a conta de energia será cada vez mais alta porque o aparelho não vai suprir a necessidade do ambiente. Por isso é importante consultar um engenheiro ou técnico da área para medir a carga térmica — detalha.

O especialista diz que, além de considerar as questões técnicas, é importante optar por marcas que são líderes em refrigeração de ar. Peixoto diz ainda que, para facilitar uma possível manutenção, o ideal é escolher um equipamento 220v.

— Existem fabricantes que são de excelência no mercado, e a vantagem de escolher o aparelho de um deles é poder encontrar facilmente peças de reposição. Hoje existe no mercado o modelo split com tensão 127v, mas é difícil encontrar peça quando o equipamento apresenta algum defeito — reforça.

*O EXTRA e o Shoptime mantêm uma parceria comercial, que não interfere no conteúdo de nossas reportagens. Os preços mencionados podem sofrer variação, e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos