Mercado abrirá em 5 h 11 min
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,58
    +2,40 (+3,63%)
     
  • OURO

    1.789,00
    +12,50 (+0,70%)
     
  • BTC-USD

    57.058,03
    +620,95 (+1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.470,26
    +27,49 (+1,91%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -50,50 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.754,00
    +278,74 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.393,50
    +243,00 (+1,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3940
    +0,0240 (+0,38%)
     

Saiba o quanto a alta dos combustíveis mexe no seu bolso

·2 min de leitura
Homem abastecendo o carro
A simulação considerou uma pessoa que percorre 30 km por dia e mora em São Paulo
(Getty Creative)
  • Levantamento da Open Co mostra quanto os paulistanos gastam por ano com transporte

  • Devido à alta do combustível, ficou 5,22% mais caro manter um carro popular

  • O meio de transporte mais caro é a SUV à diesel; o mais barato é o transporte público

É fato que a alta dos combustíveis tem mexido no bolso dos brasileiros. Mas para entender, de fato, qual o impacto do aumento em reais, a empresa de operação de crédito Open Co realizou uma pesquisa que leva em conta a variação de preços ao longo do último ano.

A simulação considerou uma pessoa que percorre 30 km por dia, sendo 900 km no mês contando trajetos de ida e volta. O cidadão mora em São Paulo e os custos são anuais.

Descobriu-se, então, que aqueles que possuem um carro popular – que consome menos combustível – gasta cerca de R$ 19.222 ao ano, contando com combustível, licenciamento, seguro, entre outras taxas. Comparando ao ano passado, o custo para manter este tipo de transporte aumentou 5,22%.

Leia também:

Já quem possui uma SUV movida à gasolina desembolsa, aproximadamente, R$ 45.752. Se o carro em questão usa diesel, o preço sobe ainda mais: R$ 57.153 anuais. São 7,15% de aumento para manter o veículo.

Quem depende de táxi ou Uber também entrou no levantamento. Enquanto o primeiro serviço faz o paulista ter um custo de R$ 32.076, o segundo é de R$ 23.400. A opção mais em conta para quem utiliza algum meio de transporte é o público: considerando duas passagens de metrô ou ônibus por trajeto, a conta fecha em R$ 4.056.

Com relação à gasolina, enquanto em agosto de 2020 o litro custava R$4, na primeira semana de setembro de 2021 foi para R$ 5,77 em São Paulo. Em alguns lugares do Brasil, o preço atingiu surpreendentes R$ 7 neste ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos