Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.388,92
    +2.258,67 (+4,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Saiba como otimizar o Windows 11 para jogos

·4 min de leitura

Apesar do frescor e dos bugs que podem afetar a performance do computador no Windows 11, vários usuários já migraram para o novo sistema operacional, incluindo os gamers mais curiosos. Com a promessa de ser o melhor lar para jogadores de PC, o SO é carregado de novos recursos e herda várias funcionalidades conhecidas do seu antecessor.

Para quem entrou de cabeça no sistema e não pretende mais voltar para o sistema anterior, resta buscar formas de elevar a performance do Windows 11 ao máximo — e, por sorte, há umas dicas gerais que podem ajudar a dar uma forcinha para o PC nas tarefas mais exigentes. Confira neste artigo dicas de como você pode otimizar o Windows 11 para jogos.

Reduza os programas com inicialização automática

Sabe quando o computador passa a ficar mais lento para ligar e começar a agir? Então, isso pode ser resultado do excesso de programas com inicialização automática.

Desabilitar programas da Inicialização Automática ajuda a poupar desempenho e ter controle sobre os programas instalados no computador (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
Desabilitar programas da Inicialização Automática ajuda a poupar desempenho e ter controle sobre os programas instalados no computador (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

O problema aqui é bem fácil de entender: quanto mais programas são abertos ao mesmo tempo, mais tempo leva para o sistema estar pronto para uso, afinal os vários processos precisam ser inicializados junto com o SO, cujo arranque por si só já é bastante trabalhoso para o PC. Além disso, uma vez abertos, os apps tendem a continuar rodando em segundo plano até serem desativados manualmente, o que pode dar um certo trabalho.

Felizmente, dá para cortar os programas com inicialização automática a partir do Gerenciador de Tarefas, então não é necessário abrir um por um para fazer ajustes. Para isso, você deve:

Passo 1: clicar com o botão direito sobre o botão do Menu Iniciar e ir em Gerenciador de Tarefas;

Passo 2: alternar para a aba “Inicializar”;

Passo 3: conferir os programas com status “Habilitado”, clicar sobre eles e selecione “Desabilitar”.

Verifique o nível de desempenho gráfico

Dentro do menu de Configurações do Windows 11, algumas coisas podem estar fora do lugar, mas isso pode ser verificado com bastante facilidade. Exemplo de seção que merece atenção é a área “Elementos Gráficos”, nos ajustes de vídeo.

Jogos devem sempre ser carregados pela placa gráfica mais poderosa do computador (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
Jogos devem sempre ser carregados pela placa gráfica mais poderosa do computador (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Nessa área são definidas as preferências de performance para cada programa instalado no computador, incluindo os jogos. Eventualmente, o Windows pode não identificar um programa como um game e, por engano, definir o desempenho para “economia de energia”, o que pode impactar no desempenho, principalmente em máquinas com duas GPUs (caso de notebooks gamers).

Para alterar as preferências, faça o seguinte:

Passo 1: abra o Menu Iniciar e acesse Configurações > Sistema > Vídeo > Elementos Gráficos;

Passo 2: procure os jogos um a um e, se estiver em “Economia de energia”, clique sobre ele, vá em opções e defina “Alto desempenho”.

"Alto desempenho" corresponde à placa de vídeo mais poderosa do PC(Captura: Igor Almenara/Canaltech)
"Alto desempenho" corresponde à placa de vídeo mais poderosa do PC(Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Ative o “Modo de Jogo”

Desde o Windows 10, a Microsoft oferece um “Modo de Jogo” para otimizar o desempenho do PC em jogos. Essa opção continua disponível no Windows 11, e talvez você precise ativá-la no menu de Configurações.

O Modo de Jogo descarta processos desnecessários para dar mais fôlego ao CPU (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
O Modo de Jogo descarta processos desnecessários para dar mais fôlego ao CPU (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Ative o “Modo de Jogo” do Windows 11 fazendo o seguinte:

Passo 1: abra o Menu Iniciar e siga o caminho Configurações > Jogos > Modo de Jogo;

Passo 2: ative o “Modo de Jogo”.

Desative as gravações via software

Um complemento legal do Windows 11 é a gravação da jogatina pela integração com Xbox Game Bar. A função é excelente para quem busca compartilhar os momentos mais marcantes do jogo com amigos e familiares nas redes sociais, mas nem sempre é boa para quem quer extrair o desempenho máximo do computador para o game.

A gravação via software pode ser útil, mas sua atuação pode impactar no desempenho do PC (Captura: Igor Almenara/Canaltech)
A gravação via software pode ser útil, mas sua atuação pode impactar no desempenho do PC (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Desativar a ferramenta, portanto, pode ajudar a dar um fôlego a mais para o computador. Felizmente, dá para fazer isso em poucos cliques. Siga esses passos:

Passo 1: abra o Menu Iniciar, vá em Configurações > Capturas;

Passo 2: desative a função "Gravar o que aconteceu".

Seu PC está (quase) pronto

Essas dicas podem ajudar qualquer usuário a conseguir uns quadros por segundo a mais para as jogatinas mais intensas, mas as soluções não acabam por aí. Em ajustes mais profundos, o usuário pode consultar também painéis de controle da própria placa de vídeo para fazer ajustes finos mais precisos e conseguir ainda mais FPS durante o jogo. Esse processo, porém, requer um estudo mais profundo e, claro, pode gerar problemas se feito sem muita atenção.

Outra ação importante, também, é manter os drivers da GPU devidamente atualizados. O processo também varia conforme a fabricante da placa de vídeo, então vale consultar o site da Nvidia e da AMD para saber como prosseguir.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos