Mercado fechará em 2 h 19 min

Saiba como a Marvel está construindo a Fase 4 para chegar a Vingadores 5

Claudio Yuge
·8 minuto de leitura

Desde Vingadores: Ultimato, o Marvel Studios não falou mais em reunir os Maiores Heróis da Terra. Isso é até natural, dado ao fato de que dois dos grandes ícones da equipe, o Capitão América e o Homem de Ferro, não fazem mais parte do grupo. Como o momento é de renovação, a expectativa é de que a companhia forme os “Novos Vingadores” contra uma ameaça que, mais uma vez, “um herói sozinho não poderia deter”.

Depois de reunir os Vingadores em 2012, com os mesmos atores de seus filmes solo em algo até então sem precedentes no entretenimento, o Marvel Studios não parou mais. O grupo cresceu de tamanho, perdeu membros e, como sabemos, nunca mais será o mesmo. Contudo, é certo que teremos mais filmes da equipe — afinal, estamos falando da franquia que bateu o recorde de bilheteria de todos os tempos.

<em>Imagem: Divulgação/Marvel Studios</em>
Imagem: Divulgação/Marvel Studios

Como Homem-Aranha: Longe de Casa é, tecnicamente, o ponto final da Fase 3, o Universo Cinematográfico Marvel (MCU) vai começar oficialmente a Fase 4 com WandaVision, no Disney+, abrindo as possibilidades para o Multiverso Marvel nas telonas e telinhas. A partir daí, já temos vários filmes e séries confirmadas, com alguns títulos já prontos para a estreia, como é o caso de Viúva Negra e Os Eternos.

E o que o cronograma da Fase 4 nos cinemas nos diz sobre Vingadores 5? Veja abaixo, com aquele aviso de spoilers sobre o que aconteceu até agora.

Odinson na liderança

O Deus do Trovão é o único da “Santa Trindade” dos Vingadores que restou, pois o Homem de Ferro morreu e o Capitão América como conhecemos ficou no passado em Vingadores: Ultimato. Thor se prepara para novas aventuras com os Guardiões da Galáxia e terá pela frente ameaças fresquinhas em seu próprio filme (as datas de todos os próximos lançamentos estão no final da matéria).

Chris Hemsworth confirmou que não pretende abandonar o personagem tão cedo, então, a própria chegada da Thor de Natalie Portman pode deixar sua posição em Asgard para a substituta, enquanto ele se tornaria líder para uma nova equipe Vingadores — afinal, ele é veterano, pois está no MCU desde 2011.

<em>Natalie Portman será a Thor de Thor: Love and Thunder (Imagem: Reprodução/San Diego Comic-Con)</em>
Natalie Portman será a Thor de Thor: Love and Thunder (Imagem: Reprodução/San Diego Comic-Con)

Thor está em uma jornada de autodescoberta agora, e isso inclui aprender com seus erros do passado. Sua arrogância o comprometeu em suas batalhas anteriores e as experiências com os Guardiões da Galáxia e com a nova Thor podem indicar que um Odinson mais maduro passará a atuar melhor em equipe, especialmente em uma posição de comando. Além disso, seu vasto conhecimento sobre planetas, culturas e a história do universo seriam essenciais para liderar os Vingadores.

Substituição dos Vingadores originais

Uma coisa que é mais fácil de ver na DC Comics e que a Marvel Comics vem construindo nas últimas décadas é o legado de seus ícones. E vamos ver isso acontecendo no MCU também. Em Thor: Love and Thunder, veremos a continuidade de sua linhagem, não somente com a Thor de Natalie Portman, como possivelmente com Bill Raio Beta, que pode assumir o martelo Stormbreaker — nos quadrinhos, a arma é dele, na verdade. Ou seja, embora Odinson esteja cotado a ser líder dos Novos Vingadores, outros personagens poderão substituí-lo no futuro do MCU.

O mesmo deve acontecer com outros heróis da equipe — sem contar suas versões “mirins”, que poderiam estar com os Jovens Vingadores. Em Viúva Negra, poderemos ver Yelena Belova como a representante oficial da heroína, no lugar de Natasha Romanoff, a partir da Fase 4. Na série Falcão e o Soldado Invernal teremos vários substitutos, pois tanto John Walker, o Agente Americano, quanto o Falcão e o Soldado Invernal já empunharam o escudo e se tornaram o Capitão América nos quadrinhos.

<em>Florence Pugh pode substituir Scarlett Johansson no papel de Viúva Negra (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)</em>
Florence Pugh pode substituir Scarlett Johansson no papel de Viúva Negra (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

A série She-Hulk foi confirmada pelo Marvel Studios e trará a prima de Bruce Banner, Jennifer Walters, como uma nova Gigante Esmeralda. E aí sim, contando com os mais jovens, temos também Kate Bishop para o lugar de Gavião Arqueiro; Cassie Lang, a Estatura, substituindo Scott Lang, o Homem-Formiga; e os gêmeos Célere e Wiccano, filhos de Visão e Feiticeira Escarlate, como novos integrantes.

Do lado da Capitã Marvel, ainda há a presença de Monica Rambeau em WandaVision; e a série Ms. Marvel — embora Kamala Khan seja uma integrante mais provável dos Jovens Vingadores. E, claro, temos também o Pantera Negra. Ainda que não se saiba se Shuri se tornará oficialmente a heroína com esse nome após a morte de Chadwick Boseman, o personagem também faz parte dos Vingadores. Há quem diga que veremos o Homem-Aranha Miles Morales em Homem-Aranha 3 — mas ainda é cedo para vermos Peter Parker ser substituído.

Outros personagens que ainda terão destaque

Assim como as substituições, teremos pela frente nomes de peso que ainda não apareceram e possivelmente terão grande destaque no MCU. É o caso de vários dos Eternos, pois o Cavaleiro Negro, Sersi e Gilgamesh, que estarão no filme, já fizeram parte dos Vingadores nos quadrinhos. Aliás, o Cavaleiro Negro de Kit Harington não parece ter um papel tão grande nesse longa, o que leva a crer que seu contrato deva se estender para outras produções, até pelo amplo currículo que o personagem tem com os Maiores Heróis da Terra nas revistas.

O Cavaleiro Negro de Kit Harington tem grandes chances de aparecer em algum filme dos Vingadores <br>(Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
O Cavaleiro Negro de Kit Harington tem grandes chances de aparecer em algum filme dos Vingadores
(Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Shang-Chi, que vai apresentar o lado místico e de artes marciais da Marvel Comics nas telonas, também poderia fazer parte dos Novos Vingadores. Some isso ao Cavaleiro da Lua, que recentemente vem sendo bastante explorado nos quadrinhos — o que indica o interesse da Marvel em colocá-lo em primeiro plano quando sua série estrear no Disney+. E caso Oscar Isaac assuma esse papel, há ainda mais chances de uma estrela dessa grandeza em Hollywood fazer parte da equipe.

Uma equipe oficial fixa novamente

Durante a Fase 2, os Vingadores eram uma equipe oficial atrelada ao governo, com integrantes fixos que moravam em uma base dedicada da SHIELD. Eis que os Acordos de Sokovia, após o que aconteceu em Vingadores: A Era de Ultron; e vários outros eventos posteriores, incluindo Capitão América: Guerra Civil, deixaram a imagem dos heróis desgastada perante a população e autoridades.

Assim, os Maiores Heróis do Mundo passaram a agir como “vigilantes” no começo da Fase 3, a partir dos infames Acordos de Sokovia, que prevê o registro dos super-heróis e maior controle do governo. A cisão na equipe causada pela Guerra Civil ecoou em Vingadores: Guerra Infinita, quando a equipe, dividida, tomou uma surra daquelas de Thanos. E a treta só se resolveu com a união de todos em Vingadores: Ultimato.

<em>Os Vingadores vivem mudando de formação, então pode ser que tenhamos várias equipes no MCU</em><br><em>(Imagem: Reprodução/Marvel Comics)</em>
Os Vingadores vivem mudando de formação, então pode ser que tenhamos várias equipes no MCU
(Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Desde então, não ouvimos mais falar dos Acordos de Sokovia e não sabemos como o MCU reagirá após o “Blip”, que foi a ausência de pessoas que sumiram com o estalar de dedos de Thanos; e com a chegada das realidades paralelas com WandaVision. Além disso, haverá uma discussão política sobre quem será o novo Capitão América em Falcão e o Soldado Invernal.

<em>Os Thunderbolts, equipe do governo com vilões vestidos de heróis, podem aparecer no MCU</em><br><em>(Imagem: Reprodução/Marvel Comics)</em>
Os Thunderbolts, equipe do governo com vilões vestidos de heróis, podem aparecer no MCU
(Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Certo é que as autoridades não ficarão de braços cruzados. E assim poderemos até vermos duas equipes “oficiais” fixas de heróis: os Vingadores, que seriam um grupo independente e teriam no Falcão um Capitão América que possa dialogar com os políticos e o público; e os Thunderbolts, a resposta do governo estadunidense aos Maiores Heróis da Terra.

As ameaças já estão se desenhando

Bem, como vimos, Thanos era realmente perigoso o suficiente para juntar tantos superseres em uma equipe. A expectativa agora é de que as ameaças sejam tão poderosas quanto o Titã Louco. Enquanto muitos aguardam a chegada de Galactus e Doutor Destino, que são vilões com currículo suficiente para dar trabalho aos Vingadores, já temos a confirmação de Jonathan Majors como um personagem que pode ser a próxima grande treta para o grupo.

Majors está escalado para Homem-Formiga 3, que ainda não tem data de lançamento confirmada mas deve chegar em 2023. Até lá teremos tempo para que todos os personagens citados acima se conheçam e se juntem novamente para enfrentar Kang, o Conquistador, possivelmente interpretado por Majors e que pode até ser citado antes, na série Loki. O viajante do tempo sempre deu trabalho para a equipe e pode abrir portas para a chegada do próprio Doutor Destino. Além disso, Capitã Marvel 2 pode revelar a chegada de Galactus.

<em>Kang pode ser a próxima grande ameaça do "nível Thanos" no MCU (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)</em>
Kang pode ser a próxima grande ameaça do "nível Thanos" no MCU (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Ou seja, há muito a se zelar após o início das viagens no tempo, das lutas cósmicas e das realidades paralelas que se multiplicarão no MCU nos próximos anos. E os Vingadores, com certeza, voltarão em algum momento.

Longas confirmados até agora pelo Marvel Studios

Filmes do MCU confirmados até agora (os nomes em português são os que já foram confirmados no nosso idioma, enquanto os outros ainda dependem de um “batismo nacional” oficial):

2021

  • Viúva Negra: 7 de maio

  • Shang-Chi and the Legend of The Ten Rings: 9 de julho

  • Os Eternos: 5 de novembro

  • Spider-Man: Homecoming 3: 17 de dezembro

2022

  • Thor: Love and Thunder: 11 de fevereiro

  • Doctor Strange In the Multiverse of Madness: 25 de março

  • Black Panther 2: 6 de maio

  • Captain Marvel 2: 8 de julho

*Com informações do Screen Rant.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: