Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.969,26
    -65,15 (-0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Safra compra banco Alfa em acordo de R$ 1 bilhão

Nesta quarta-feira (23) o Banco Safra anunciou a compra do Conglomerado Financeiro Alfa, dono do banco Alfa, por R$ 1,03 bilhão. O Banco Safra e a Administradora Fortaleza informaram a transferência da totalidade das ações. Em um comunicado, David Safra enfatizou que a transação é um “marco na história do banco no Brasil” em que serão beneficiados clientes, funcionários e acionistas do conglomerado.

Desde a morte de Aloysio de Andrade Faria, empresário e fundador do Conglomerado Financeiro Alfa, em 2020, o banco de origem mineira já cogitava a venda. Somente neste ano, porém, foi aberto o processo formal em que Rothschild e Mattos Filho atuaram como assessores financeiro e legal da Administradora Fortaleza. A assessoria financeira por parte do comprador foi do J.Safra Investment Banking e do Pinheiro Neto Advogados.

Para Fábio Amorosino, CEO do Conglomerado Financeiro Alfa, esta “é uma transação histórica no mercado financeiro brasileiro. Temos a convicção de que a operação entre os dois bancos seculares, fruto de trajetórias empreendedoras de sucesso e baseados em valores comuns, potencializará a qualidade, perenidade e excelência que sempre oferecemos aos nossos clientes e colaboradores”.

O plano de expansão do Safra

Há um mês, o Safra anunciou a contratação de José Olympio Pereira, provando suas ambições de expansão no atacado. O banco já vinha recebendo destaque com o reforço do time de private banking e gestão de fortunas — áreas de atuação do Banco Alfa, a mais recente aquisição do grupo — além de banco de investimento.

O Banco Safra é um dos maiores bancos privados do Brasil e faz parte do Grupo J. Safra, fundado por Joseph Safra. Com 10,5 mil colaboradores e atuação nos segmentos de pessoa física e jurídica, a instituição possui um patrimônio líquido de R$ 15,5 bilhões, com R$ 270 bilhões em ativos e R$ 300 bilhões em recursos captados e administrados. O banco agregará cerca de R$ 25 bilhões em ativos com o Alfa.

Família Faria aprova a venda do Banco Alpha por similaridade de valores

Segundo um executivo próximo à família de Faria disse ao portal Pipeline que a venda ao Safra foi um desfecho que conforta as cinco herdeiras de Aloysio, devido às similaridades dos grupos, tanto em atuação quanto em valores: “Elas não queriam algo que fosse acabar com a cultura e história do banco”.

Além do banco, o conglomerado financeiro inclui uma administradora de consórcios e uma seguradora. Criado em 1925, teve origem no Banco da Lavoura de Minas Gerais, rebatizado de Banco Real na década de 1970. Aloysio Faria vendeu o Real ao ABN Amro e, em 1998, criou o banco Alfa visando avançar os serviços corporate, private banking e wealth management no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: