Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,24
    +1,01 (+1,40%)
     
  • OURO

    1.742,80
    -36,00 (-2,02%)
     
  • BTC-USD

    44.623,48
    +1.333,45 (+3,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.119,18
    +10,26 (+0,92%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.296,00
    +132,50 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2241
    +0,0153 (+0,25%)
     

Sabesp diz que não há decisão tomada sobre modelo de reorganização societária

·2 minuto de leitura
Máquinas da Sabesp em represa do Jaguari, Bragança Paulista

(Atualiza com comportamento da ação)

(Reuters) - A Sabesp comunicou no final da segunda-feira que, do ponto de vista do acionista controlador, o Estado de São Paulo, não há decisão tomada sobre o modelo de reorganização societária da companhia de saneamento básico paulista.

O esclarecimento vem após as ações da Sabesp dispararem quase 11% na sexta-feira, na esteira de declarações do recém-nomeado secretário de Projetos e Ações Estratégicas de SP, o deputado federal Rodrigo Maia (sem partido-RJ).

"Acho que é uma coisa simbólica organizar a privatização, a concessão, deixar isso organizado até o final da minha gestão", afirmou Maia em coletiva após tomar posse ao ser questionado sobre quais serão as prioridades dele à frente da pasta.

No fim de semana, o governador João Doria (PSDB) ressaltou que a privatização da companhia é um projeto de "longo prazo", não de curto prazo.

Na segunda-feira, os papéis caíram 1%, fechando a 36,17 reais. Nesta terça-feira, por volta de 11:30, perdia 0,2%, entre as poucas quedas do Ibovespa, que subia mais de 2%.

Em ofício enviado à Sabesp, o governo de São Paulo disse que o grupo de trabalho constituído em abril de 2019 pelo Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização não submeteu ao colegiado relatório conclusivo de suas atividades.

"No presente momento, haja vista a consolidação do novo marco legal do setor de saneamento, o Conselho de Defesa dos Capitais do Estado e o Conselho Diretor do PED pretendem dar continuidade aos referidos estudos com o objetivo de aprofundar a análise do setor e das alternativas para o futuro da empresa."

Tão logo o tema seja alçado às instâncias governamentais competentes para a adoção de quaisquer providências preparatórias nesse sentido, o controlador disse que a Sabesp será prontamente informada.

(Por Paula Arend Laier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos