Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.512,11
    -135,88 (-0,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.660,39
    -137,99 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,44
    +0,16 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.766,00
    -2,30 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    61.347,87
    +865,70 (+1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.433,47
    -18,16 (-1,25%)
     
  • S&P500

    4.487,43
    +16,06 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    35.262,92
    -31,84 (-0,09%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.276,75
    +142,25 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4091
    +0,0053 (+0,08%)
     

Saúde libera 3ª dose de vacina contra covid-19 a profissionais de saúde

·1 minuto de leitura

Após confirmar reforço da vacina de covid-19 a idosos e imunossuprimidos, o Ministério da Saúde ampliou a distribuição da terceira dose dos imunizantes. Agora, também estão inclusos os profissionais de saúde.

O reforço entre profissionais da saúde segue as mesmas regras dos outros grupos. A aplicação só está liberada para aqueles que completaram o regime de imunização há pelo menos 6 meses.

O ministro Marcelo Queiroga também comunicou que, assim como nos outros grupos, o imunizante recomendado para aplicação da terceira dose é o da Pfizer-BioNTech. Em caso de indisponibilidade, a orientação é usar o da AstraZeneca ou o da Janssen.

Bons resultados

Como os profissionais de saúde foram um dos primeiros grupos vacinados contra covid no Brasil, a maioria recebeu a CoronaVac, que era o imunizante mais abundante no início da campanha de vacinação no país.

A boa notícia é que o reforço com Pfizer parece aumentar drasticamente a resposta contra o coronavírus entre quem recebeu a CoronaVac. Um estudo preliminar uruguaio observou que uma terceira dose com a vacina em pessoas que receberam duas doses da CoronaVac desencadeia uma produção 20 vezes maior de anticorpos contra o vírus.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos