Mercado abrirá em 2 hs
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,63
    +0,36 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.869,00
    +1,40 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    45.425,47
    +878,16 (+1,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.262,25
    +64,33 (+5,37%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.061,66
    +28,81 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.392,75
    +89,25 (+0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4393
    +0,0294 (+0,46%)
     

Saúde estabelece ordem dos próximos brasileiros vacinados contra COVID-19

Fidel Forato
·3 minuto de leitura

Para dar sequência a vacinação dos brasileiros contra o coronavírus SARS-CoV-2, o Ministério da Saúde divulgou, na terça-feira (27), novas orientações para o Programa Nacional de Imunização (PNI). Agora, foi estabelecido um prazo para a imunização contra a COVID-19 entre pessoas com Síndrome de Down, gestantes e grupos com comorbidades, como diabetes, por exemplo.

A Saúde estima que mais de 28 milhões de brasileiros sejam incluídos nesta nova leva de imunização contra a COVID-19. Dessa forma, a vacinação foi dividida em duas etapas, "priorizando a população de acordo com a idade e o maior risco de gravidade e óbito", explicou a pasta, em nota.

Até o final de maio, Saúde espera disponibilizar a primeira dose para pessoas com comorbidades e gestantes (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements)
Até o final de maio, Saúde espera disponibilizar a primeira dose para pessoas com comorbidades e gestantes (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements)

A previsão é que, até o fim de maio, as vacinas para a primeira dose destes indivíduos já tenham sido disponibilizadas pelo governo brasileiro. "Lembrando que o Ministério da Saúde depende da confirmação de entrega efetiva dos laboratórios fabricantes dos imunizantes para fazer a distribuição, de forma proporcional a todos os estados e Distrito Federal", destacou.

Próximos da fila

A seguir, confira quais grupos serão os próximos a serem imunizados contra o coronavírus no Brasil:

Grupos que serão vacinados na primeira etapa:

  • Pessoas com Síndrome de Down, independentemente da idade;

  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), independentemente da idade;

  • Gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade;

  • Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos;

  • Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Grupos que serão vacinados na segunda etapa:

  • Pessoas com comorbidades;

  • Pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC;

  • Gestantes e puérperas, independentemente de condições preexistentes.

"Já a fase 2, deve levar em consideração [a vacinação] dos mais velhos para os mais novos (de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos)", detalha o Ministério da Saúde sobre a ordem de imunização que avançará conforme novas doses de imunizantes forem disponibilizadas.

Quais comorbidades estão incluídas na vacinação contra a COVID-19?

Para imunização prioritária contra o coronavírus, o PNI considera mais de 20 condições clínicas de risco elevado para a infecção, abrangendo desde pacientes com obesidade, arritmias cardíacas, Síndrome de Down, HIV e até diabetes. Inclusive, pessoas com doenças raras e que possuem mais risco de óbito também estão incluídas no grupo das comorbidades. A lista completa esta aqui.

Entre as doenças, estão as que causam imunossupressão, como Síndrome de Cushing, lúpus eritematoso sistêmico, imunodeficiência primária com predominância de defeitos de anticorpos, doenças que causam comprometimento pulmonar crônico, como a fibrose cística, anemia falciforme, talassemia maior e síndromes que causam deficiência intelectual, como Cornélia de Lange.

Ministério da Saúde estabelece quem serão os próximos imunizados contra a COVID-19 no BR (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements)
Ministério da Saúde estabelece quem serão os próximos imunizados contra a COVID-19 no BR (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements)

É importante ressaltar que as pessoas com comorbidades ou que convivem com deficiência permanente já estavam previstos no plano de vacinação contra a COVID-19, no entanto, não havia nenhuma previsão de prazo ou de ordem de prioridade. A exceção é para o grupo de gestantes e puérperas que foram incluídas na última atualização. Até o momento, a Saúde priorizou o envio de doses para a imunização de profissionais da saúde, pessoas com mais de 60 anos, povos indígenas, forças de segurança, salvamento e Forças Armadas.

Para acessar a nota técnica, emitida pelo Ministério da Saúde, sobre a definição da ordem de vacinação entre os pacientes com comorbidades e grupos prioritários, clique aqui. Vale lembrar, no entanto, que esta é apenas uma orientação, já que estados e municípios podem ajustar a ordem de vacinação contra a COVID-19 diante das especificidades regionais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: