Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.797,40
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    37.083,62
    +2.589,45 (+7,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    905,01
    -10,48 (-1,14%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.192,32
    -1.129,66 (-4,13%)
     
  • NIKKEI

    27.833,29
    +285,29 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    15.119,25
    +1,50 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1088
    -0,0128 (-0,21%)
     

Saúde anuncia antecipação de 7 milhões de doses de vacina da Pfizer para julho

·1 minuto de leitura
Vacinação contra Covid-19

BRASÍLIA (Reuters) - Após preterir no ano passado negociações com a Pfizer, o Ministério da Saúde anunciou na noite desta quarta-feira a antecipação do recebimento de 7 milhões de doses da vacina contra Covid-19 do laboratório norte-americano, elevando, dessa forma, a previsão de suprimento desse imunizante ao Brasil para 15 milhões de doses no próximo mês.

"A previsão inicial era de que 8 milhões de doses chegassem em julho. Após conversas com a farmacêutica, o Brasil vai receber 15 milhões de doses no próximo mês", disse a pasta.

"Até o fim do ano, 200 milhões de doses da Pfizer vão desembarcar por aqui para turbinar nossa campanha de vacinação contra a Covid-19!", acrescentou.

O governo tenta acelerar a chegada de vacinas contra Covid-19 em meio às investigações da CPI da Covid do Senado que questionam a demora do país na aquisição de imunizantes e ao elevado número de mortes e casos da doença.

A Pfizer foi um dos laboratórios que teve acertos para a compra de vacinas postergados pelo Ministério da Saúde no ano passado, num momento em que o governo federal não priorizava a busca de imunizantes, segundo depoimentos e documentos da CPI.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos