Mercado fechará em 36 mins

De saída do Barça, Messi tem valor anual estimado em US$ 175 mi

Brandon Kochkodin
·2 minutos de leitura

(Bloomberg) -- Lionel Messi está saindo do Barcelona e os números envolvidos são enormes.

Qualquer clube que queira trazer o craque precisará de milhões de dólares para bancar seu salário. E isso sem contar a taxa de transferência de US$ 825 milhões que o Barça exige — embora a assessoria de Messi argumente que essa taxa não se aplica mais.

Em troca, seu novo clube poderia esperar geração anual de valor de US$ 175 milhões se o atacante argentino entregar seu costumeiro desempenho, de acordo com o cálculo de Matt Balvanz, vice-presidente de análise da Navigate, consultoria de dados focada em esporte e entretenimento.

A conta foi feita da seguinte forma:

Cerca de 2 milhões de camisas oficiais com o nome de Messi são vendidas anualmente por preços que variam de US$ 100 a US$ 200. Os clubes normalmente embolsam 15% da receita com vestuário, então seu novo time poderia esperar US$ 45 milhões apenas com a venda de camisas.

Balvanz também cita a receita do Barcelona, que atingiu impressionantes de US$ 960 milhões em 2019. Supondo que cada um dos onze titulares do clube seja responsável por igual parcela do faturamento, Messi valeria cerca de US$ 87 milhões (esse dado inclui a venda de camisas). Com um pouco de ousadia, é aplicada a hipótese de que a contribuição de Messi para a venda de ingressos, direitos na mídia e patrocínios é mais do que o dobro do jogador médio do clube catalão. Assim, Balvanz conclui que Messi vale cerca de US$ 175 milhões por ano.

É um número e tanto, mas não muito longe do cálculo feito pela Transfermarkt no passado. Em 2018, o website avaliou o profissional argentino em US$ 198 milhões e hoje estima seu valor de mercado em US$ 123 milhões.

Usando a mesma lógica, a saída potencial de Messi provavelmente tiraria o Barcelona da posição de clube mais rico do futebol mundial. E daria impulso significativo à receita de qualquer time que decidir escalar o jogador de 33 anos que se tornou sinônimo dos sucessos do Barça dentro e fora do campo nos últimos anos. O Manchester City, apontado como favorito para levar o craque, está em sexto lugar no ranking Football Money League, elaborado pela Deloitte.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.