Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.396,51
    +68,51 (+0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Séries da Marvel da Netflix ganham data para chegar ao Disney+

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O mistério acabou e as antigas séries da Marvel finalmente vão chegar ao Disney+ brasileiro. A empresa confirmou que Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de Ferro, Justiceiro e Defensores, antes originais da Netflix, serão adicionados ao catálogo nacional da plataforma em 29 de junho, colocando esses seriados ao lado dos demais conteúdos relacionados aos heróis da Casa das Ideias.

A estreia acontecerá mais de três meses depois de essas produções serem disponibilizadas em outros países. Nos Estados e Canadá, por exemplo, esses personagens já estão disponíveis lado a lado com o restante do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês) desde o último dia 16 de março. A demora, como indica o anúncio da própria Disney, se dá pela necessidade de atualização do serviço de streaming no Brasil.

O Homem Sem Medo vai finalmente poder apanhar dentro do catálogo brasileiro do Disney+ (Imagem: Divulgação/Netflix)
O Homem Sem Medo vai finalmente poder apanhar dentro do catálogo brasileiro do Disney+ (Imagem: Divulgação/Netflix)

Por causa da classificação indicativa de algumas dessas séries, que são voltadas para maiores de 16 e 18 anos, a partir de 29 de junho o Disney+ vai exigir que os usuários atualizem o controle parental de seus perfis para acessar o catálogo completo. É uma adição que faz todo o sentido levando em conta o nível de violência desses novos conteúdos, que destoam bastante do tom mais família do restante do MCU.

Segundo a própria empresa, os assinantes também poderão restringir o conteúdo de cada perfil a partir de PIN de bloqueio. Quem não fizer a atualização terá seu perfil definido para até 14 anos até que o ajuste seja feito.

Fora do MCU

Apesar da confirmação de que Demolidor, Justiceiro e as demais produções da Netflix chegarão ao Disney+ e não ao Star+, como chegou a ser especulado, isso não quer dizer que essas histórias serão integradas ao MCU. Embora todas essas séries sejam colocadas na mesma plataforma que os restante dos heróis da Marvel, a disponibilização desse conteúdo lá fora já deixou claro que Matt Murdock, Frank Castle e companhia não estão dentro da cronologia dos filmes.

Vamos combinar que a violência do Justiceiro não combinada em nada com o clima família do streaming do Mickey (Imagem: Divulgação/Netflix)
Vamos combinar que a violência do Justiceiro não combinada em nada com o clima família do streaming do Mickey (Imagem: Divulgação/Netflix)

No catálogo americano, por exemplo, todos os seriados foram classificados sob o selo Saga Defensores e colocados em uma área à parte do restante do MCU. Assim, ao que tudo indica, a estratégia é realmente reunir todas as produções Marvel em um só lugar, ainda que nem todas elas estejam conectadas.

E isso não chega a ser uma grande surpresa, já que o Disney+ já tem também em seu catálogos os filmes da franquia X-Men, que também estão deslocados do MCU, assim como as animações clássicas dos mutantes e do próprio Homem-Aranha.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos