Mercado abrirá em 8 h 49 min
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,66
    -0,41 (-0,57%)
     
  • OURO

    1.807,20
    +5,40 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    38.211,59
    +3.968,15 (+11,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    915,13
    +121,40 (+15,29%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    26.471,65
    -850,33 (-3,11%)
     
  • NIKKEI

    27.879,29
    +331,29 (+1,20%)
     
  • NASDAQ

    15.087,00
    -11,00 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1233
    +0,0017 (+0,03%)
     

Série Star Wars: The Acolyte vai se inspirar em um dos piores filmes da série

·2 minuto de leitura

Apresentada como uma das próximas produções ambientadas no universo da franquia Star Wars, a série Star Wars: The Acolyte ainda está rodeada de muitas incertezas. E a roteirista do seriado decidiu trazer um pouco de luz sobre o que podemos esperar da história. Segundo ela, a nova série vai ter uma forte influência do Episódio I: A Ameaça Fantasma, um dos filmes mais criticados da saga.

Em entrevista ao The Wrap, Leslye Headland relembrou o impacto que o longa teve na sua adolescência. Ela é responsável pelo roteiro da série Boneca Russa e conta que já era fã dos Skywalker quando assistiu ao filme em 1999 e que, na época, o comportamento dos Jedi foi algo que a intrigou demais — e que é essa questão que ela espera abordar em The Acolyte.

Segundo a roteirista, nova série deve responder como os Jedis chegaram ao ponto que vemos em A Ameaça Fantasma (Imagem: Reprodução/Lucasfilm)
Segundo a roteirista, nova série deve responder como os Jedis chegaram ao ponto que vemos em A Ameaça Fantasma (Imagem: Reprodução/Lucasfilm)

Ela disse que sabia que o filme iria dividir a opinião do público, mas conseguiu ver o que o diretor George Lucas quis fazer ao apresentar os Jedi como uma ordem arrogante e encantada pelo poder. “Minha cabeça de fã ficou se perguntando 'como as coisas chegaram nesse ponto? Por que os Jedi estão desse jeito?'”, conta.

Pelo que foi divulgado até agora, a série Star Wars: The Acolyte vai se passar no período da chamada Alta República, ou seja, cerca de 200 anos antes dos eventos de A Ameaça Fantasma, e deve mostrar justamente a era de ouro da Ordem Jedi na galáxia. No entanto, Headland não entrou em detalhes mais concretos sobre como o Episódio I vai influenciar a história que ela quer contar. Contudo, levando em conta essa inquietação que ela carrega há duas décadas, é bem provável que a gente veja na série como o orgulho tomou conta dos detentores da Força.

Além disso, a roteirista explicou que montou seu time indo além do velho estereótipo de pessoas que apenas conhecem todas as histórias do universo Star Wars. Segundo Headland, isso não é o bastante e que os responsáveis pelo roteiro da vindoura série são profissionais que têm respostas interessantes ao porquê eles gostarem tanto da saga — e que é com base nessas respostas que devemos ver a história se desenvolver.

Star Wars: The Acolyte está previsto para chegar ao Disney+ em 2023. A expectativa é que a série comece a ser gravada a partir de fevereiro de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos