Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.665,43
    -1.794,87 (-2,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Série de The Last of Us terá desvios de história em relação ao roteiro original

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

A série de The Last of Us vai seguir os acontecimentos conforme o jogo lançando para os consoles. Entretanto, o produtor executivo da série, Neil Druckmann, disse que alguns episódios devem divergir bastante do conteúdo original.

A questão, segundo o produtor, está na diferença entre as mídias. Um primeiro ponto que ele levanta é que alguns detalhes nem sempre serão iguais. Ele conversou com o showrunner Craig Mazin sobre se deveriam manter tudo ou não. “São coisas superficiais como se deveríamos usar a mesma camisa xadrez ou a camisa vermelha. Ai pensamos que se devem ou não aparecer na série é menos importante para nós do que as pessoas entenderem quem são estas pessoas e o ponto central de suas jornadas”, apontou Druckman.

A entrevista aconteceu durante a SXSW, evento anual sobre inovação, tecnologia, música e entretenimento que acontece em Austin. Este ano, ele está sendo todo feito online.

Druckman ainda falou sobre algumas poucas mudanças, mas garantiu que a história principal ainda será mantida. “Em alguns momentos, as coisas ficam muito próximas. É até engraçado ver um diálogo meu dos jogos indo para os scripts da HBO. Às vezes, ele diverge profundamente para dar um efeito melhor, pois estamos lidando com uma mídia diferente”, explica.

Neste sentido, o produtor lembra de algumas coisas que funcionam nos games, mas não poderiam ser transpostas para uma série. “Por exemplo, no jogo, há muito mais ação, porque você tem que treinar o jogador sobre as mecânicas”, lembra.

Além disso, a série deve ser muito mais voltada para o drama de Ellie e Joel do que exatamente para a ação, os tiros e os movimentos. “A HBO tem sido maravilhosa por nos deixar distanciar da ação hardcore e focar no drama dos personagens”, completa.

Por fim, Druckmann aprova as mudanças. “Um dos meus episódios favoritos até agora se distanciou bastante da história, e mal posso esperar para que as pessoas vejam”, confessa.

A série de The Last of Us conta com Pedro Pascal (The Mandalorian, Narcos) e Bella Ramsey (Game of Thrones, Hilda) nos papéis de Joel e Ellie e deve ser lançado ainda em 2021 sem data definida ainda.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: