Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.658,33
    +759,22 (+1,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

São Paulo vence o Vasco novamente e avança na Copa do Brasil; Cruz-Maltino tem três expulsos

·3 minuto de leitura


O jogo que o Estádio de São Januário presenciou nesta quarta-feira até foi animado, mas o resultado foi quase inevitável devido a dois fatores: a vitória por 2 a 0 do São Paulo na semana passada e a expulsão de Léo Jabá, do Vasco, com 33 minutos desta quarta. Com tudo isso, o Tricolor venceu o Cruz-Maltino por 2 a 1 e avançou às quartas de final da Copa do Brasil.

DOIDEIRA DE LISCA
Para o início da partida, uma revolução no Vasco. Lisca escalou o time com três zagueiros, sistema de jogo próximo do 3-3-3-1 e alterações de jogadores. Em campo, o time da casa conseguiria fazer frente aos donos da vantagem.

INÍCIO ANIMADO
Com quatro minutos de jogo, o chute Reinaldo, de fora da área, deu o tom, mas Vanderlei afastou. E logo a partida ficou aberta. Aos 19 minutos, em jogada parecida à que resultou em gol no Morumbi, na semana passada, Bruno Alves quase marcou; e no rebote de Vanderlei, o toque de peito foi na trave. Dois minutos depois, Cano tabelou com Juninho, chutou, fez o gol, mas houve anulação após intervenção do VAR. Houve toque de mão do meio-campista cruz-maltino. Antes dos 30, mais uma chance para cada lado. Ambas pararam nos goleiros. Também neste período do jogo, a equipe da casa reclamou de pênalti de Miranda em Léo Jabá.

JABÁ NA RUA E PLACAR ABERTO
E aos 33 minutos, o lance decisivo. Léo Jabá entrou firme na dividida com Reinaldo, mas manteve o pé elevado na sequência. Recebeu o cartão amarelo, mas a cor mudou após o VAR recomendar a Anderson Daronco a revisão. A perda de um jogador fez o time mandante se tornar taticamente mais conservador, no 4-4-1, e seguir tentando pressionar. Só que falhou na defesa. Ernando falhou na saída de bola, que rodou para o outro lado. Orejuela cruzou na cabeça de Rigoni e o placar foi aberto aos 42 da primeira etapa.

VASCO DIMINUI E TEM TRÊS EXPULSOS
Os times voltaram com alterações para o segundo tempo, e logo aos quatro minutos, Benítez chutou da entrada da área, a bola desviou em Leandro Castan e ficou indefensável. São Paulo 2 a 0. Os times foram alterados mais ainda e, aos 25, Zeca tabelou com Sarrafiore, chutou para Tiago Volpi defender, mas a bola voltou em Liziero. Gol contra e 2 a 1 no placar. Ainda teve um tropeção de Castan quando Vitor Bueno era o último homem antes de Vanderlei. Cartão vermelho e Vasco com dois jogadores a menos. Daí até o final, domínio tricolor, placar mantido e Lisca terceiro vascaíno expulso.

-> Confira a tabela da Copa do Brasil

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 2 SÃO PAULO


Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 4 de agosto de 2021, às 21h30
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA-RS) e Michael Stanislau (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Cartões amarelos: Lisca (VAS) e Talles (SAO)
Cartões vermelhos: Léo Jabá, Leandro Castan e Lisca (VAS)

GOLS: Rigoni (42'/1ºT 0-1), Benítez (4'/2ºT 0-2), Reinaldo contra (25'/2ºT 1-2)

VASCO: Vanderlei, Ernando (Léo Matos, Intervalo), Miranda e Leandro Castan; Léo Jabá, Juninho (Cayo Tenório, 18'/2ºT), Bruno Gomes (Romulo, 12'1ºT) e Zeca; Marquinhos Gabriel e Morato (Galarza, Intervalo); Cano (Sarrafiore, 18'/2ºT) - Técnico: Lisca.

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Bruno Alves, Miranda (Rodrigo, 17'/2ºT) e Léo; Orejuela, Luan (Rodrigo Nestor, 31'/2ºT), Talles (William, Intervalo, depois Liziero, 17'/2ºT), Benítez e Reinaldo; Rigoni (Vitor Bueno, 17'/2ºT) e Pablo - Técnico: Hernán Crespo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos