Mercado abrirá em 3 h 59 min

São Paulo vai atingir 700 voos semanais novos com programa de incentivo

Cibelle Bouças

Governo do Estado foi um dos primeiros a anunciar a redução do ICMS para as companhias aéreas O secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, disse hoje que o Estado terá até o fim do ano 700 novos voos semanais, criados por empresas aéreas que aceitaram ampliar a oferta de voos, em contrapartida à redução da alíquota de ICMS sobre querosene de aviação de 25% para 12%.

Quando o programa foi anunciado em fevereiro, a intenção do governo estadual era que fossem criadas 490 partidas semanais, sendo 416 voos para fora do Estado e 34 dentro do Estado. O plano envolve 38 destinos em 21 estados.

Cyber Monday: Gol oferece passagens a partir de R$ 123

Latam lança serviço de ‘stopover’ em São Paulo

Aéreas buscam reverter IR sobre leasing de aviões

“Já foram criadas 605 frequências semanais pelas empresas Gol, Latam, Azul, Passaredo e MAP. Projetamos chegar a 700 frequências por semana, com a participação de outras empresas aéreas no programa”, afirmou Lummertz.

O secretário disse que, até o fim do ano, a empresa Air Canada vai anunciar voos novos para o Estado. Lummertz acrescentou que o governo do Estado já teve reuniões com Virgin Atlantic, Lufthansa, Air Europa e Norwegian para avaliar o aumento de voos para São Paulo. O governo também se reúne amanhã com representantes da Flybondi para falar sobre a oferta de voos no Estado.

Governo de São Paulo espera encerrar o ano com 700 novos semanais com a política de incentivo fiscal

Paolo Fridman/Bloomberg

Lummertz disse ainda que o número de passageiros transportados em São Paulo crescerá 8% neste ano, devendo encerrar o ano com 75 milhões de passageiros transportados. E que da meta de gerar 58 mil novos empregos no Estado com turismo graças ao incremento de voos no Estado, 15 mil já foram criados.

Lummertz disse que quando o programa foi lançado, nove aeroportos no Estado tinham voos regulares. “Atualmente, 13 aeroportos estão em condições de ter voos regulares e teremos mais cinco aeroportos com voos regulares nos próximos meses”, afirmou o governador.

O governo de São Paulo investiu na divulgação em 122 países de campanha publicitária mostrando atrações de São Paulo e estimulando as pessoas a fazerem turismo no Estado. A campanha será veiculada a partir de hoje até 15 de fevereiro de 2020.