Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    49.840,57
    +1.200,10 (+2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Ex-Inter marca e provoca São Paulo no Morumbi; Volpi e Reinaldo discutem

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Quando a fase não é boa, os enredos mais improváveis costumam se confirmar. Na noite deste sábado (23), o pressionado São Paulo entrou em campo com o peso do mundo sobre suas costas mas, mais uma vez, não conseguiu transformar o cenário desfavorável em combustível: nova atuação ruim e empate por 1 a 1 diante do Coritiba, atual vice-lanterna do Brasileirão.

O Tricolor Paulista vencia a partida por 1 a 0 até a reta final do confronto, quando sofreu uma verdadeira pane: permitiu um contra-ataque puxado por Ricardo Oliveira, centroavante de 40 anos de idade, que terminou em gol de Martin Sarrafiore. Quis o destino que o gol do Coxa fosse justamente de um jogador que pertence ao Internacional, adversário direto do São Paulo na briga pelo título brasileiro.

Sarrafiore anotou o gol de empate e provocou São Paulo | MAURO HORITA/Gazeta Press
Sarrafiore anotou o gol de empate e provocou São Paulo | MAURO HORITA/Gazeta Press

O enredo fica ainda mais trágico para o São Paulo se analisarmos o histórico de Sarrafiore: o jovem meio-campista, emprestado pelo Internacional ao Coritiba, vivia um jejum de mais de 15 meses. Seu último gol datava de 17 de outubro de 2019, na vitória do clube gaúcho contra o Avaí por 2 a 0. Na comemoração, o argentino ainda deu aquela provocada no rival, imitando a comemoração do atacante colorado Yuri Alberto.

Discussão acalorada em campo

Presente no Morumbi para a cobertura do duelo com transmissão do Premiere, o repórter Marco Aurélio Souza informou que, após o apito final, o goleiro Tiago Volpi e o lateral-esquerdo Reinaldo discutiram fortemente ainda dentro de campo. Mais um sinal de que o clima não está nada bom nos bastidores do Tricolor, que acumula cinco partidas sem vencer no Brasileirão e pode perder até a segunda posição da classificação na rodada, caso o Flamengo vença o Athletico em Curitiba.