Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.629,71
    +1.970,75 (+4,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

São Paulo libera reforço contra covid para adultos; qual vacina você deve tomar?

·2 min de leitura

Na quinta-feira (18), o governo de São Paulo passou a liberar a aplicação da dose de reforço contra a covid-19 em pessoas com mais de 18 anos, desde que tenham concluído o esquema vacinal — composto por duas doses — há pelo menos 5 meses.

“A partir desta quinta-feira (18), toda população adulta que já tenha recebido a segunda dose da vacina há pelo menos cinco meses poderá receber a dose adicional da vacina aqui no estado de São Paulo”, afirmou o governador do estado, João Doria. Para este mês, o governo calcula que 710 mil pessoas já estão aptas a receber a dose adicional contra a covid-19.

Governo de São Paulo já autoriza a aplicação da terceira dose da vacina contra a covid-19 para quem tem mais de 18 anos (Imagem: Reprodução/E_mikh/Envato)
Governo de São Paulo já autoriza a aplicação da terceira dose da vacina contra a covid-19 para quem tem mais de 18 anos (Imagem: Reprodução/E_mikh/Envato)

Até então, a terceira dose era autorizada apenas para pessoas com mais de 60 anos, profissionais da saúde ou imunossuprimidos, com um intervalo de seis meses. A mudança na vacinação contra a covid-19 segue a nova orientação do Plano Estadual de Imunização (PEI), de acordo com a diretriz do Programa Nacional de Imunização (PNI).

Qual vacina a pessoa deve receber no reforço em SP?

No plano nacional, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga orientou que o reforço contra a covid-19 deveria seguir o padrão da vacinação heteróloga, ou seja, a terceira dose deve se diferir das duas anteriores. No entanto, a imunização estadual adotará o imunizante que estiver disponível no local da vacinação.

Dessa forma, a pessoa poderá receber uma das seguintes vacinas contra a covid-19: ComiRNAty (Pfizer/BioNTech), Covishield (AstraZeneca/Oxford/Fiocruz) ou CoronaVac (Sinovac/Butantan). Em nota, o governo destaca que "os imunizantes disponíveis na rede pública de saúde são seguros, eficazes e podem ser utilizados nesta estratégia vacinal".

Questão da Janssen

Conforme anunciado pela Saúde, as pesses que receberam a vacina da Janssen (Johnson & Johnson) contra a covid-19 deverão tomar uma segunda dose do mesmo imunizante, dois meses após a primeira aplicação. Passados cinco meses do esquema vacinal completo é que essas pessoas receberão o reforço.

Caso a pessoa já esteja com a segunda dose atrasada, é importante checar na UBS mais próxima a disponibilidade da fórmula da Janssen, antes de sair de casa. Na quarta-feira (17), o SP informou que "não conta com estoque deste imunizante e aguarda o envio de doses do Ministério da Saúde para definir a adesão às novas diretrizes com relação a esta vacina".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos