Em São Paulo, inadimplência acumulou alta de 7,1% em 2012

SÃO PAULO – O IRI (Indicador de Registro de Inadimplência), indicador que acompanha os registros recebidos de carnês em atraso, registrou alta de 7,1% em 2012, na comparação com o mesmo acumulado de 2011, segundo mostrou a ACSP (Associação Comercial de São Paulo). 

Já considerando só o mês de dezembro, a elevação da inadimplência foi de 8% em relação a novembro.

Os registros cancelados ou renegociações de crédito apresentaram uma elevação ainda maior: de 10,3% ao longo de 2012, em comparação com o mesmo intervalor de 2012. Segundo a ACSP, “foi um sinal de queda da inadimplência, que foi controlada pelas fortes campanhas de renegociação de débito e pelo crescimento do emprego, da massa salarial e da queda dos juros".

Vendas à prazo
O IMC (Indicador de Movimento de Comércio a Prazo), indicador de vendas à prazo, apresentou estabilidade em relação à dezembro de 2011, registrando 0,1% de alta no último mês de 2012. Segundo a ACSP, embora fosse esperada uma reação positiva para as vendas de Natal, o feriado prolongado do final de ano anulou essa expectativa, mantendo estável a estatística apresentada na primeira quinzena do mês.

Vendas à vista
Já o ICH (Indicador de Movimento de Cheques), que acompanha as vendas à vista, apresentou acréscimo de 6% no mesmo período. Os dados da ACSP são baseados nas informações fornecidas pela Boa Vista Serviços, responsável por administrar o SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

A ACSP ainda relatou que esse resultado ocorreu devido à venda de vestuário, variedades, produtos de beleza, bens e liquidações do período pós-Natal.

Carregando...