Mercado abrirá em 5 h 32 min
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,67
    -0,09 (-0,11%)
     
  • OURO

    1.807,10
    +0,30 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    62.389,79
    +492,87 (+0,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.499,40
    +1.256,72 (+517,85%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    25.917,56
    -214,47 (-0,82%)
     
  • NIKKEI

    29.106,01
    +505,60 (+1,77%)
     
  • NASDAQ

    15.580,50
    +84,75 (+0,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4315
    -0,0048 (-0,07%)
     

São Paulo evolui no ataque e tem versatilidade na defesa em vitória

·1 minuto de leitura


O São Paulo mostrou melhora na vitória sobre o Atlético-GO, por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. Tanto o setor ofensivo, quanto a defesa são-paulina conseguiram ir bem no triunfo.

Começando pelo ataque. Com Luciano e Rigoni mais avançados, o Tricolor chegava com mais rapidez e objetividade ao gol do adversário. O meio-campo, formado somente por jogadores revelados na base (Luan, Liziero, Nestor e Gabriel Sara), também contribuiu no bom ritmo dado pela equipe.

Tanto que o primeiro gol saiu após uma rápida troca de passes e um belo cruzamento de Nestor para Rigoni, que cabeceou quase na pequena área. Vale ressaltar que antes de abrir o placar, o Tricolor já era melhor na partida, mas pecava, ou no último passe, ou na finalização.

VEJA TABELA E SIMULE OS JOGOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Já o sistema defensivo contou com a proteção do volante Luan, que retornou ao time e foi um dos destaques, com três desarmes e quatro duelos ganhados pelo chão. Sendo assim, o novo sistema com dois zagueiros utilizado pelo São Paulo não sofreu muito na primeira etapa.

No segundo tempo, o São Paulo levou o gol após um cruzamento rasteiro da direita, que encontrou Matheus Barbosa livre. Com a pressão imposta pelo Dragão, Crespo usou uma tática interessante: tirou o meia Gabriel Sara e colocou o zagueiro Bruno Alves, voltando ao esquema com três zagueiros, que soube controlar bem a pressão dos goianos.

Uma vitória boa para aliviar a pressão sobre a comissão técnica e dar mais confiança ao elenco na briga pela parte de cima da tabela do Brasileirão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos