Mercado fechará em 2 h 47 min
  • BOVESPA

    109.082,54
    +1.703,62 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.636,37
    +369,17 (+0,87%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,91
    +1,85 (+4,30%)
     
  • OURO

    1.803,50
    -34,30 (-1,87%)
     
  • BTC-USD

    19.317,64
    +865,68 (+4,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    382,75
    +12,99 (+3,51%)
     
  • S&P500

    3.621,72
    +44,13 (+1,23%)
     
  • DOW JONES

    29.972,24
    +380,97 (+1,29%)
     
  • FTSE

    6.414,42
    +80,58 (+1,27%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    11.995,75
    +90,50 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4030
    -0,0373 (-0,58%)
     

Russomanno cai 5 pontos, Covas sobe 4 e lidera numericamente disputa em SP, diz Ibope

Sérgio Roxo
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO - O candidato do Republicanos, Celso Russomanno, caiu cinco pontos na pesquisa do Ibope divulgada nesta sexta-feira e agora tem 20% das intenções de voto. Bruno Covas (PSDB) subiu quatro pontos em relação ao levamento anterior, divulgado no dia 15, e lidera numericamente com 26%. Os dois candidatos estão empatados no limite da margem de erro, o que é considerado improvável.

Guilherme Boulos (PSOL) oscilou positivamente três pontos e chegou aos 13%. Márcio França (PSB) cresceu quatro pontos e foi a 11%. Os dois também dividem a terceira posição.

O candidato Jilmar Tatto (PT) osiclou positivamente dois pontos e soma 6%, empatando técnicamente com França. O petista se descolou um pouco do pelotão dos demais candidatos, mas ainda assim tem desempenho pior do que qualquer candidato do partido na eleição de São Paulo a essa altura da disputa desde 1988.

Entre os demais candidatos, Artur do Val, do Patriota, oscilou de 2% para 3%. Já a candidata do PSL, Joice Hasselmann, foi de 1% para 2%. Os demais candidatos ficaram com 1% ou menos das intenções de voto.

O percentual de eleitores sem candidato caiu na nova pesquisa. O percentual dos que pretendem votar em branco ou anular passou de 17% para 10% e os indecisos, de 7% para 5%.

A rejeição de Russomanno, que tem explorado imagens do presidente Jair Bolsonaro no horário eleitoral, cresceu oito pontos, passando de 30% para 38%.

A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa, realizada entre os dias 28 e 20 de outubro, foi contratada pela Rede Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo" e registrada na Justiça Eleitoral sob o número SP 01331/2020.