Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.460,72
    -51,19 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Rússia multa Telegram em R$ 905 mil por conteúdos sobre guerra na Ucrânia

Rússia tem ameaçado multar diversos sites por supostos conteúdos falsos (Getty Images)
Rússia tem ameaçado multar diversos sites por supostos conteúdos falsos

(Getty Images)

  • Rússia multa Telegram em R$ 905,7 mil;

  • Justiça impôs duas multas diferentes ao aplicativo de mensagens;

  • Punições devem-se à recusa do app de remover conteúdos relacionados à guerra na Ucrânia.

A Justiça da Rússia impôs, nesta terça-feira (16), duas multas ao aplicativo de mensagens Telegram devido à recusa em remover conteúdos sobre a guerra na Ucrânia, mesmo após as determinações das autoridades do país. Ao todo, as penalidades somam 11 milhões de rublos (905,7 mil).

Conforme divulgado pela Agência EFE, a primeira multa, de 4 milhões de rublos (R$ 329,3 mil) foi estabelecida por conta de um bot que difundia dados pessoais dos militares russos que participaram da chamada “operação militar especial na Ucrânia”, anunciada por Vladimir Putin em fevereiro e que marcou o início da guerra.

O juizado de paz 422, de Moscou, destacou nesta mesma sentença que o Telegram também se negou a retirar os canais que publicam “informações falsas” sobre as baixas das forças russas e convocam manifestações antigoverno.

Já a segunda multa, no valor de 7 milhões de rublos (R$ 576,3 mil), deve-se à negativa de banir um canal que publicava instruções para sabotar linhas ferroviárias na Rússia e em Belarus, de forma a atrapalhar as operações na Ucrânia. A sentença e seus respectivos motivos foram proferidos pelo mesmo tribunal.

Rússia multa Twitch

As agências de notícias russas também informaram, nesta terça-feira, que o país multou em 2 milhões de rublos (R$ 170 mil) o serviço de streaming Twitch por exibir um vídeo de 31 segundos contendo supostas informações falsas sobre crimes de guerra na cidade ucraniana de Bucha. A corte não especificou o conteúdo do vídeo.

Repetidamente, Rússia tem ameaçado multar sites – incluindo Google, Twitter e Wikipedia – sob a acusação de que eles têm publicado conteúdo “falso” sobre sua campanha militar na Ucrânia.