Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.239,07
    -1.057,02 (-3,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Rússia multa Google em R$ 222 mil por não excluir conteúdo banido

·2 min de leitura
The logo for Google LLC is seen at their office in Manhattan, New York City, New York, U.S., November 17, 2021. REUTERS/Andrew Kelly
Rússia multou Google em 3 milhões de rublos (cerca de R$ 226 mil) por não deletar conteúdo banido no país. Foto: REUTERS/Andrew Kelly
  • Tribunal de Moscou multa Google em R$ 222 mil por não excluir conteúdo ilegal no país;

  • Movimento faz parte de tentativa da Rússia de controlar empresas internacionais de tecnologia;

  • Rússia emitiu multas para gigantes da tecnologia norte-americanas;

Um tribunal de Moscou multou o Google, controlado pelo grupo Alphabet, em 3 milhões de rublos (cerca de R$ 222 mil) na segunda-feira por não excluir conteúdo que considerou ilegal, em mais uma parte de uma disputa mais ampla entre a Rússia e o gigante da tecnologia dos Estados Unidos, de acordo com informações da agência Reuters.

Leia também:

Em outubro, a Rússia ameaçou multar o Google com uma porcentagem de seu faturamento anual no país por não conseguir excluir repetidamente o conteúdo banido de seu mecanismo de busca e do YouTube, naquele que foi o movimento mais forte de Moscou na tentativa de controlar empresas estrangeiras de tecnologia.

Rússia emitiu multas para gigantes da tecnologia norte-americanas

A Rússia emitiu várias multas para empresas de tecnologia dos EUA este ano. Entre eles, o regulador estadual de comunicações Roskomnadzor diminuiu a velocidade do Twitter desde março e disse à agência Reuters que não suspenderá as restrições aos dispositivos móveis até que todo o conteúdo ilegal da plataforma seja removido.

As autoridades pediram repetidamente aos gigantes da tecnologia como o Google, que excluam links e postagens que tratam de pornografia, suicídio e uso de drogas, mas também de informações pertinentes à política interna da Rússia. Questionado pela agência Reuters, o Google, que no mês passado disse ter pago mais de 32 milhões de rublos (cerca de R$ 2,4 milhões) em multas, não quis comentar sobre a condenação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos