Mercado fechado

Rumor | Project Lockhart se chamará “Xbox Series S” e será anunciado em agosto

Rafael Arbulu

Uma segunda versão do Xbox Series X deve ser mostrada pela Microsoft em agosto de 2020, segundo um documento da empresa que foi vazado e relatado ao site Eurogamer. Até o momento, sabe-se que, além do atual novo console, a empresa de Redmond tem um segundo aparelho, conhecido como “Project Lockhart”, em desenvolvimento, mas esta é a primeira vez que temos uma possibilidade de data para a sua revelação.

O que o senso comum da mídia especializada argumenta é que o Lockhart (que deve, segundo o Eurogamer, se chamar “Xbox Series S”) é uma versão de hardware menor em relação ao Series X e, consequentemente, mais barato na sua aquisição. Documentos anteriormente revelados do console maior falam em um “Modo Lockhart” que traz as métricas de desempenho que a Microsoft espera atingir com o aparelho ainda não anunciado.

O Xbox Series X pode ganhar um irmão caçula em agosto, segundo rumores que apontam para a revelação de uma versão reduzida do novo console da Microsoft (Imagem: Divulgação/Microsoft)

O The Verge, porém, alega ter documentos que mostram que o Lockhart teria, na verdade, a mesma velocidade de processamento do Xbox Series X, com uma resolução adaptada a monitores inferiores em mente, como monitores de capacidade 1080p ou 1440p, enquanto o console maior chegaria nativamente ao 4K. Também pelo The Verge, há indícios de que o Lockhart 7,5 GB de memória RAM utilizável e 4 teraflops de performance na GPU (versus 13,5 GB e 12 teraflops do console “maior”).

Os dois consoles também devem trazer suporte ao Project xCloud, a plataforma de cloud gaming que a Microsoft vem desenvolvendo há alguns anos; bem como ofertas do Xbox All Access, o serviço de assinatura da marca que dá acesso a todos os seus recursos online pelo preço de US$ 19,99 (R$ 108,01 na cotação de hoje) — preço este praticado no atualmente disponível Xbox One S All Digital.

Naturalmente, a Microsoft não teceu qualquer comentário sobre as informações.

Fonte: Canaltech