Mercado fechado

Rumor | Lucasfilm estaria pronta para replicar o modelo da Marvel em Star Wars

Rafael Rodrigues da Silva

A Ascensão Skywalker ainda nem saiu de cartaz no mundo todo, mas já há uma preocupação enorme sobre o que o futuro da saga Star Wars nos reserva. E, nesta quinta-feira (9), surgiram as primeiras informações sobre o que podemos esperar dos novos filmes da saga.

Como já havia sido anunciado na Star Wars Celebration do ano passado, o futuro da saga passa por um algo chamado “Project Luminous”, uma iniciativa que junta sob um mesmo local as mentes criativas da Disney, da Lucasfilm, da Del Rey (selo de ficção científica da editora Random House), da IDW Publishing (editora de quadrinhos americana conhecida por criar adaptações em HQ de filmes de sucesso) e da Marvel, e que teria o objetivo de criar um universo compartilhado de Star Wars entre quadrinhos, livros e outras mídias.

E, de acordo com informações obtidas tanto pelo Ziro (um site ucraniano de fãs de Star Wars) quanto pelo Making Star Wars, esse “Project Luminous” será algo muito maior do que apenas um universo editorial compartilhado, mas uma iniciativa que tentará replicar na saga o mesmo modelo de sucesso criado pela Marvel Studios para o MCU (Universo Cinematográfico Marvel). Isso quer dizer que, já a partir de 2022 (que é a data marcada para a estreia do próximo filme) a Lucasfilm abandonará a ideia de trilogias, e passará a focar em filmes de personagens específicos, e que no futuro poderão se juntar para combaterem juntos um inimigo mais poderoso que não pode ser detido sozinho, copiando o mesmo modelo usado pela Marvel para o filme dos Vingadores.


Os sites também revelam que essas histórias irão se passar 400 anos antes da Saga Skywalker, em um período conhecido pelos fãs de Star Wars como a “Alta República”. Este é o mesmo período no qual David Benioff e D.B. Weiss (os criadores da série Game of Thrones) estavam desenvolvendo um roteiro para um filme da saga antes de anunciarem que não iriam mais trabalhar com a Lucasfilm, o que é um indício de que voltar a uma época onde praticamente nenhum personagem conhecido dos fãs existe já era algo que estava nos planos do estúdio há algum tempo.

O uso do “praticamente” aqui é porque, para não criar uma história tão desconectada de tudo aquilo que já se conhece sobre a saga, há um personagem bem querido do público que já estaria confirmado nesta nova fase dos filmes: o próprio mestre Yoda. Nesta época ele estaria com 500 anos e no auge de seu poder, e tudo indica que será usado como o fio condutor da introdução de toda uma nova geração de Cavaleiros Jedi.

Assim como os filmes da Marvel, cada longa terá uma linha condutora própria, mas seguindo um plano principal de uma linha narrativa que deverá unir todos os filmes. E, pelo que foi revelado, uma dessas narrativas será sobre um grupo de Jedis que estarão em uma missão de exploração pelas Regiões Desconhecidas (o local onde fica o planeta Exegol, que foi onde Palpatine estava escondido em A Ascensão Skywalker), o que pode ser um indício de que a narrativa macro de todos esses filmes envolverá alguma grande ameaça Sith.

Outra mudança que podemos esperar para esses filmes futuros é que, ao contrário do que estamos acostumados, os Jedi desses longas não serão seres superpoderosos que conseguem fazer de tudo, mas guerreiros com poderes e funções específicas. Há uma promessa que deveremos ver os novos Jedi usando poderes da Força que nunca foram mostrados antes, mas esses guerreiros não terão um controle pleno dela como um todo, sendo especialistas em um tipo de uso específico, funcionando mais ou menos como “classes de personagem” em um jogo de videogame.

Por enquanto, nenhuma dessas informações foram confirmadas pela Disney ou pela Lucasfilm, mas há rumores de que essa confirmação acontecerá ainda no fim deste mês, quando a Disney fará um evento especial de Star Wars para anunciar não apenas o futuro dos filmes, mas também novos livros, HQs e um novo jogo de videogame que se passará no mesmo período do próximo filme.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: