Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.240,91
    -1.916,25 (-4,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Rumor | Arquitetura Zen 4 da AMD pode trazer IPC 29% maior que Zen 3

Wagner Wakka
·1 minuto de leitura

A próxima arquitetura de chips da AMD, o Zen 4, pode gerar um salto de 29% em IPC, relativo ao número de instruções por ciclo e que denota a capacidade do aparelho de executar funções com maior velocidade, em relação aos atuais processadores em Zen 3. A informação vem do site ChipsandCheese em um artigo cujo autor disse ter recebido informações de “fontes confiáveis próximas ao projeto”.

De acordo com a publicação os componentes em Zen 4 pode ter até 40% melhor desempenho em se tratando de clock em boost que os atuais. Entretanto, ele relata ter ouvido de pessoas próximas da AMD que os Zen 4 foi 29% melhor que o Zen 3 quando comparados em mesmo clock e quantidade de núcleos.

Em março do ano passado, a AMD divulgou o cronograma de desenvolvimento de CPUs. A perspectiva é de que os modelos Zen 4 sejam fabricados em arquitetura de 5 nm, com cronograma de lançamento só em 2022.

<em>Cronograma oficial da AMD (Divulgação/AMD)</em>
Cronograma oficial da AMD (Divulgação/AMD)

O site ainda aponta que a AMD pode ter uma geração intermediária, chamada de Zen 3 +. Para esta arquitetura, a expectativa é de que o crescimento em IPC seja entre 4% a 7% em relação ao atual Zen 3. De acordo com a publicação, a expectativa é de que a AMD apresente os componentes Zen 3 + no final de 2021 usando os nodos de 7 nm da TSMC para fabricação dos chips.

Em 2020, a AMD apresentou a linha Zen 3, além da geração RDNA 2 em seus componentes gráficos. Apesar das informações do site, estes dados devem ser encarados como rumor ainda, uma vez que a AMD não confirmou o que foi apresentado aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: