Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.436,55
    -677,61 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.996,36
    +187,80 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,51
    +1,80 (+2,35%)
     
  • OURO

    1.635,60
    +2,20 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    19.086,92
    -101,37 (-0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    438,30
    -20,84 (-4,54%)
     
  • S&P500

    3.647,49
    -7,55 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    29.136,51
    -124,30 (-0,42%)
     
  • FTSE

    6.984,59
    -36,36 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.341,50
    +25,25 (+0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1612
    -0,0182 (-0,35%)
     

Rublo se estabiliza após Rússia acessar mercado doméstico de dívida pela 1ª vez desde fevereiro

Presidente da Rússia, Vladimir Putin

MOSCOU (Reuters) - O rublo era cotado abaixo de 60 por dólar e por euro nesta quarta-feira, quando o Ministério das Finanças da Rússia ofertou títulos do Tesouro pela primeira vez desde fevereiro, desfrutando de uma demanda quase 2,5 vezes maior do que o volume relativamente pequeno disponibilizado.

O dólar tinha estabilidade, a 59,8925 rublos. O euro também ficava perto do zero a zero, a 59,925 rublos.

"O foco está na primeira colocação de OFZ em meio ano", disse Georgy Vashchenko, vice-diretor do departamento de pesquisa da Freedom Finance Global, esperando que novos empréstimos sejam usados ​​para refinanciar a dívida interna, entre outras coisas.

A Rússia suspendeu em fevereiro os leilões semanais dos títulos OFZ do Tesouro, que usa para tapar buracos no Orçamento. Nesta quarta-feira, o país ofereceu títulos de dez anos em volume de 10 bilhões de rublos (167,5 milhões de dólares), vendo uma demanda de 24,8 bilhões de rublos.

A demanda no último leilão de OFZ, em 9 de fevereiro, foi de cerca de 80 bilhões de rublos.

"A demanda provavelmente será alta no primeiro leilão, já que os investidores esperam um corte de juros na sexta-feira", disse Vashchenko.

(Por Alexander Marrow)