Mercado fechará em 5 h 5 min
  • BOVESPA

    128.084,79
    +27,57 (+0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.025,38
    -177,42 (-0,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,87
    +0,83 (+1,17%)
     
  • OURO

    1.779,00
    +4,20 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    36.752,27
    -2.025,36 (-5,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    908,73
    -31,21 (-3,32%)
     
  • S&P500

    4.175,83
    -46,03 (-1,09%)
     
  • DOW JONES

    33.310,08
    -513,37 (-1,52%)
     
  • FTSE

    7.021,01
    -132,42 (-1,85%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9777
    +0,0152 (+0,25%)
     

Royole, pioneira em telas dobráveis, anuncia primeira tela elástica

·2 minuto de leitura
Royole, pioneira em telas dobráveis, anuncia primeira tela elástica
Royole, pioneira em telas dobráveis, anuncia primeira tela elástica

As fabricantes de celulares ainda estão se digladiando para ver quem dominará o mercado de telas dobráveis. Mas, em pouco tempo, talvez estarão competindo para ver quem será o primeiro a apresentar um dispositivo com uma nova tendência: a tela elástica. Nesta terça-feira (25/05), a Royole, que se intitula “pioneira e líder global em eletrônica flexível”, anunciou ter descoberto a primeira tecnologia de tela extensível baseada em micro-LED do mundo, e compatível com processos de fabricação industrial.

A marca revelou a novidade durante o Display Week Symposium, evento que foi realizado em Freemont, na Califórnia, e que reuniu representantes da indústria especializada para discutir, de forma online, as novidades relacionadas ao futuro deste segmento. De acordo com a Royole, a tela elástica dará início a uma tendência, como ocorreu com o FlexPai, lançado em 2018 e que, segundo a marca, “foi o primeiro smartphone dobrável comercial do mundo”.

Fundador, presidente e CEO da Royole, o doutor Bill Liu exaltou a descoberta da empresa e apontou que, muito mais do que aplicável em smartphones, a nova tecnologia poderá ter uma ampla gama de funcionalidades. “O desenvolvimento de tecnologia de display expansível compatível com os processos de fabricação industrial existentes é um sinal do crescimento exponencial que a indústria de eletrônicos flexíveis está experimentando. A próxima fronteira em progresso técnico permitirá aplicações e fatores de forma sem precedentes em realidade aumentada e virtual, eletrônicos vestíveis, aplicações biomédicas, design de veículos e muito mais”.

Imagem mostra pessoa segurando a tela elástica da Royole, que teria várias aplicações
Imagem mostra pessoa segurando a tela elástica da Royole, que teria várias aplicações

Divulgação/Royole

Como funciona?

A tela elástica desenvolvida pelos pesquisadores da Royole é feita em micro-LED, com capacidade de alongamento de 130% e curvatura convexa de até 40 graus, mantendo uma resolução de 120 pixels por polegada (PPI), aplicável, por exemplo, aos notebooks. Segundo a marca, por permitir transmitância (ou passagem de luz) de até 70%, muito mais alta do que as tecnologias OLED flexíveis existentes, ela é altamente aplicável para soluções inteligentes que requerem transparência, como para parabrisas de carros ou óculos de sol.

Imagem mostra como a Royole desenvolveu a tela elástica
Imagem mostra como a Royole desenvolveu a tela elástica

Divulgação/Royole

A marca utilizou um painel de 2,7 polegadas durante o Display Week Symposium para mostrar, na prática, como a tela elástica funciona. A empresa mostrou, por meio da esquematização da foto acima, que a razão de abertura ultrabaixa do micro-LED, aliada ao encapsulamento simples, fornecem espaço suficiente para designs de padrão extensível, demonstrando maior elasticidade, passo mais fino e transmitância mais alta em comparação com protótipos AMOLED e LED comuns.

“A Royole dá um salto estratégico para soluções extensíveis de micro-LED, liderando o desenvolvimento tecnológico e a inovação na indústria de eletrônicos flexíveis altamente competitiva. À medida que a Internet das Coisas acelera, a eletrônica flexível, de telas totalmente flexíveis a sensores totalmente flexíveis, está pronta para se tornar a interface dominante que une a interação entre as pessoas e os dispositivos inteligentes de amanhã”, concluiu a marca.

Via Royole

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos