Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,08
    +0,32 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.795,30
    -1,00 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    61.012,42
    -383,61 (-0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,43 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.520,75
    -284,10 (-0,99%)
     
  • NASDAQ

    15.311,00
    -30,00 (-0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5783
    -0,0025 (-0,04%)
     

Roteador Google Wifi com tecnologia Mesh chega ao Brasil

·2 minuto de leitura

Às vésperas de anunciar a aguardada família Pixel 6, o Google surpreende o público brasileiro e oficializa a chegada do roteador Google Wifi ao Brasil nesta quinta-feira (14), seis meses após ter sido homologado no país.

Com design minimalista, pensado para integrar o ambiente, o dispositivo se destaca pela presença da tecnologia Mesh, prometendo aprimorar a cobertura de rede, bem como pela integração ao app Google Home, oferecendo amplo controle das configurações através do celular.

Google Wifi com rede Mesh chega ao Brasil

Com corpo 49% composto de plástico reciclável, o Google Wifi oferece cobertura de até 110 m² por roteador, podendo chegar a até 330 m² no total com o uso de três unidades. O principal destaque é a presença da tecnologia Mesh, pela qual os dispositivos conversam para garantir máximo desempenho em qualquer região da área de cobertura. A instalação é simples e requer que apenas uma das unidades esteja conectada com fio ao modem da operadora.

Com corpo 49% composto de plástico reciclável, o Google Wifi traz design minimalista e promete se integrar com facilidade ao ambiente (Imagem: Divulgação/Google)
Com corpo 49% composto de plástico reciclável, o Google Wifi traz design minimalista e promete se integrar com facilidade ao ambiente (Imagem: Divulgação/Google)

A gigante das buscas cita como exemplos o streaming de vídeos em 4K ou videoconferências, que não terão quedas mesmo se o usuário se movimentar pela casa — operando em 2,4 GHz e 5 GHz, as unidades do Google Wifi realizam a troca automática de conexão entre os roteadores, avaliando a intensidade de sinal que chega ao dispositivo conectado.

Outro destaque é a integração ao app Google Home, disponível para Android e iOS, que permite controle e configuração total do Google Wifi. Além de sugerir ajustes para aprimorar a qualidade do sinal, o aplicativo habilita recursos como seleção de dispositivo prioritário e controle parental, com interrupção da rede em horários definidos pelo responsável e bloqueio de acesso a sites impróprios.

As configurações são gerenciadas através do app Google Home, e incluem controle parental (Imagem: Divulgação/Google)
As configurações são gerenciadas através do app Google Home, e incluem controle parental (Imagem: Divulgação/Google)

Fora isso, a empresa garante que a segurança é uma das principais preocupações, e assim oferece tecnologias como inicialização verificada e atualizações frequentes com a adição de novos recursos de segurança, sem interrupções na conexão. Vale ressaltar que o modelo é vendido no exterior desde 2016 e já conta com um sucessor com maior área de cobertura, o Google Nest Wifi, ainda sem previsão de estrear por aqui.

Preço e disponibilidade

O Google Wifi chega às principais varejistas do mercado brasileiro a partir de hoje, disponível apenas na cor branca, com preço sugerido de R$ 999 para o kit com um roteador, e de R$ 1.999 para o conjunto com três unidades do dispositivo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos