Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,24 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.816,70
    -5,50 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    39.425,06
    -774,13 (-1,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    951,68
    -9,21 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.963,50
    +10,75 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1208
    -0,0672 (-1,09%)
     

Rosie, é você? Robô aspirador limpa a casa por comando de voz

·4 minuto de leitura
Rosie, é você? Robô aspirador limpa a casa por comando de voz
Rosie, é você? Robô aspirador limpa a casa por comando de voz

Carros voadores? Temos. Chamadas telefônicas por vídeo? Também. Câmaras de bronzeamento artificial? Há muito tempo. Comunicação por relógio de pulso? Os smartwatches já são uma realidade. Pelo visto, o mundo dos Jetsons, desenho futurista de 1962, que encantou gerações, está aí para quem quiser ver e viver. Só parece estar faltando mesmo um robô como a faxineira Rosie.

Na verdade, em 2012, a Intel apresentou o Q.Bo, o que parecia ser a nossa Rosie possível. O preço nem era dos mais salgados em se tratando de um robô de tamanha utilidade. Na pré-venda, o equipamento saía por €2 mil, algo em torno de R$9 mil, na cotação da época. Uma pechincha em comparação ao seu concorrente, o equivalente francês da marca Aldebaran, que chamava atenção por sua aparência semelhante a um humano e tinha um custo de US$ 15 mil (cerca de R$ 30 mil, naquele ano).

Em 2012, a Intel lançou o Q.Bo, que já está fora de linha. Imagem: Francisco Paz – IEEE
Em 2012, a Intel lançou o Q.Bo, que já está fora de linha. Imagem: Francisco Paz – IEEE

De qualquer forma, nenhum dos dois parece ter tido tanta popularidade ou apelo no mercado, e o mais próximo que chegamos dos robôs limpa-casas, por enquanto, são os passadores de pano e aspiradores de pó inteligentes.

Em formatos diversos, com preços variados, funcionando sob agendamento prévio ou controle remoto, com baterias de longa duração, capacidade de irem sozinhos até as bases para se recarregarem de modo autônomo, sensores de mapeamento, entre outras funções, esses robozinhos só faltam falar. Sim, só falar, porque de ouvir e de atender a comandos de voz, alguns deles já são capazes.

Robô aspirador da Realme atende comandos de voz do Google Assistente e da Alexa

Um desses ajudantes tecnológicos é um produto da Realme que pode ser controlado pelos assistentes de voz Google Assistente e Alexa, da Amazon.

Evento de apresentação do TechLife Robot Vacuum, da Realme. Imagem: Divulgação Realme
Evento de apresentação do TechLife Robot Vacuum, da Realme. Imagem: Divulgação Realme

Semelhante ao Roomba, da iRobot, o novo robô aspirador inteligente traz o sistema de mapeamento LiDAR, com 38 sensores para analisar os cantos da casa. Ele conta com suporte para limpar pisos secos e úmidos. No modo Varrer + Esfregar, os usuários podem personalizar o aparelho para esfregar mais em uma determinada área.

Leia mais:

O produto, lançado mundialmente pela empresa em um evento na Europa no último dia 15, chama-se TechLife Robot Vacuum.

Com dupla função (aspirador e esfregão), o aparelho tem tanque de água eletrônico inteligente de 300ml com quatro saídas de água. Também conta com sistema de navegação inteligente com varreduras a laser em tempo real de 360 ​​°, identificação e prevenção de zonas de 0,01m², mapeamento preciso de 98% e caminho de limpeza ideal.

Funciona com o aplicativo Realme Link, compatível com dispositivos Android 5.0+ e iOS 11+.

Seu plano de limpeza personalizável permite mesclar, dividir e nomear as seções da casa no mapa e, em seguida, personalizar a sequência de limpeza, sucção, saída de lavagem e velocidade de cada área. Quando o “patrão” não estiver em casa, basta um clique e o robô aspirador começará a limpar automaticamente.

Os controles de personalização incluem armazenamento de cinco mapas, designação de áreas de limpeza específicas, definição de parede virtual, horários para setores específicos, cronograma para limpeza e zona sem esfregar.

Além disso, a tecnologia inteligente de adaptação de superfície permite que o robô identifique a superfície em tempo real. A sucção e a velocidade aumentam automaticamente para áreas de coleta de poeira difíceis de limpar, como carpetes e bordas de paredes.

Com escovas de dois lados, permite a cobertura de uma grande área de limpeza repetidamente. Sua potência de sucção é de até 3000Pa, com quatro níveis de força de modo de baixo ruído de 55db.

E o robô demora a se cansar: sua bateria de 5200mAh oferece até 300 minutos ininterruptos de limpeza.

Parece um sonho, mas, o preço pode nos puxar de volta à realidade bem rapidinho: o TechLife Robot Vacuum sai a €299 (o que gira em torno de R$ 26,6 mil).

Ele já está disponível para venda na Europa, no site da Realme e pelo Aliexpress. Ainda não há previsão de quando nem se o produto chegará ao Brasil.

Fonte: FoneArena

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos