Mercado abrirá em 4 h 41 min

Rosengren, do Fed, alerta para riscos de perspectiva econômica "quase ideal" do banco

Presidente do Federal Reserve de Boston, Eric Rosengren

HARTFORD, EUA (Reuters) - As autoridades do Federal Reserve estão prevendo um resultado "quase ideal" para 2020, em que o mercado de trabalho dos Estados Unidos permanecerá forte e a inflação se aproximará da meta de 2% do banco central, mas devem lembrar de considerar potenciais riscos, disse o presidente do Federal Reserve de Boston, Eric Rosengren, nesta segunda-feira.

Entre esses riscos está a ameaça de que o mercado de trabalho apertado possa levar a uma aceleração repentina da inflação, disse Rosengren, de acordo com um discurso preparado para a Associação de Negócios e Indústria de Connecticut em Hartford, Connecticut, nos EUA.

"Os banqueiros centrais não têm muita experiência histórica com longos períodos em que as taxas de juros estão abaixo do nível de equilíbrio estimado, enquanto as taxas de desemprego são, simultaneamente, historicamente baixas", disse Rosengren. "Portanto, queremos estar atentos a possíveis riscos emergentes".

Rosengren, que votou contra os três cortes de juros aprovados pelo Fed no ano passado, disse que as taxas agora são expansionistas e alertou que as autoridades precisam tomar cuidado com o risco de que os preços e o mercado de trabalho possam crescer mais rápido do que o esperado.

Ele também repetiu sua preocupação de que juros baixos possam incentivar consumidores e empresas a assumirem mais riscos e aumentar o valor dos imóveis e outros ativos.