Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,08
    -0,58 (-0,79%)
     
  • OURO

    1.778,90
    -4,00 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    32.234,44
    +561,88 (+1,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    764,27
    -30,06 (-3,78%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.268,50
    +138,50 (+0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9198
    -0,0555 (-0,93%)
     

Ronaldinho promove criptomoeda que derreteu 80% nos últimos dias

·3 minuto de leitura

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho surpreendeu seus fãs ao promover nesta segunda-feira (7) o Atari Token (ATRI), criptoativo da empresa de produtos eletrônicos e jogos de vídeo game Atari.

Em uma postagem no Twitter, Ronaldinho divulgou a logo do Atari Token com a frase “Atari Token $ATRI até a lua”, expressão frequentemente usada por usuários do mercado quando um ativo tem potencial de realizar grandes altas.

O tuíte logo chamou a atenção, especialmente porque o ex-jogador, mesmo aposentado há anos, ainda é uma das figuras mais midiáticas dos esportes. Ronaldinho não informou se a postagem foi paga.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Atari no mercado de criptoativos

A Atari é uma das companhias mais populares entre os usuários de jogos eletrônicos. Fundada em 1972, a empresa foi uma das primeiras a explorar esse setor, sendo conhecida até hoje pelos seus consoles de vídeo games e jogos como Pac-Man e Donkey Kong.

Com o crescimento do mercado de criptoativos, a Atari resolveu explorar alternativas neste mercado, lançando em no último trimestre de 2020 lançando o seu token nativo, ATRI. Em entrevista ao BeInCrypto, o CEO da empresa, Fred Chesnais, afirmou que o objetivo do ativo seria o de atrair mais jogadores para o universo de criptomoedas.

Conforme destacado por Chesnais, isso seria feito através de parcerias para popularizar cada vez mais jogos eletrônicos desenvolvidos em blockchain.

Dois meses após o anúncio do Atari Token, a empresa fechou parceria com a Enjin para explorar sua tecnologia para a criação de novos jogos. Em março deste ano, um novo negócio foi concretizado, dessa vez com a Decentral Games.

A parceria resultou na criação do Atari Casino, plataforma online onde usuários podem jogar jogos de cassino de forma online usando criptomoedas. A festa de lançamento aconteceu no final de abril, com direito a performances virtuais de artistas e a venda de NFTs exclusivos.

Token ATRI em forte queda

O Atari Token (ATRI) foi criado para ser uma referência de criptomoeda na indústria do entretenimento virtual:

“Nosso plano para o token é torna-lo um meio de pagamento universal para a indústria de entretenimento interativo, permitindo aos desenvolvedores e editores novas opções para monetização de seus produtos, integração de contratos inteligentes, proteção de ativos em jogos e muito mais.”

Apesar de uma grande alta em seu preço e volume de negociação nos dias seguintes ao lançamento de seu cassino virtual, chegando a sua máxima histórica de US$ 0,78 no dia 4 de maio, o ATRI tem sofrido com grandes quedas nas últimas semanas. O ativo chegou a cair mais de 80% desde então, segundo dados do CoinGecko.

Atualmente, o ATRI está sendo precificado em US$ 0,13, com um valor de mercado de aproximadamente US$ 115 milhões e um volume diário abaixo dos US$ 700 mil, números modestos em comparação com grandes criptoativos.

Histórico de Ronaldinho Gaúcho com criptoativos não é positivo

O ex-jogador de futebol não possui um bom histórico no mercado de criptoativos, tendo sido mais de uma vez garoto propaganda de projetos que se mostraram fraudulentos. Em 2019, ele se associou à 18K, empresa que aplicou golpes com Bitcoin (BTC) e lesou diversas pessoas.

Ronaldinho também se associou à Airbitclub, cujo fundador foi preso nos Estados Unidos no final de 2020 por realizar esquemas de pirâmide financeira. Até hoje pessoas envolvidas na fraude são acusadas de aplicar golpe no Brasil.

Após associação com pirâmides, Ronaldinho ainda foi preso no Paraguai em março do ano seguinte. O episódio, no entanto, não teve relação com criptomoedas, mas sim com o uso de documentos falsificados.

O artigo Ronaldinho promove criptomoeda que derreteu 80% nos últimos dias foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos