Mercado fechará em 2 h 54 min
  • BOVESPA

    104.971,99
    +505,75 (+0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.187,20
    +259,82 (+0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,11
    +1,61 (+2,42%)
     
  • OURO

    1.770,60
    +7,90 (+0,45%)
     
  • BTC-USD

    55.745,22
    -801,60 (-1,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.418,13
    -23,64 (-1,64%)
     
  • S&P500

    4.519,00
    -58,10 (-1,27%)
     
  • DOW JONES

    34.388,66
    -251,13 (-0,72%)
     
  • FTSE

    7.112,10
    -17,11 (-0,24%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.689,25
    -299,25 (-1,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3919
    +0,0117 (+0,18%)
     

Ronaldinho Gaúcho se declara ao PSG e deixa Barcelona com ciúmes: 'Mora no meu coração'

·1 min de leitura

Na última terça-feira, Ronaldinho Gaúcho foi convidado para conferir in loco a vitória do PSG por 3 a 2 sobre o RB Leipzig pela Champions League. Após a partida no Parque dos Príncipes, o brasileiro se declarou ao time que lhe abriu as portas da Europa. Mas a situação toda não pegou bem para ele no Barcelona.

Na entrevista, Ronaldinho relembrou sua primeira passagem pelo clube francês, e também se mostrou feliz com o carinho que recebeu da torcida do PSG.

— O Paris Saint-German tem um lugar muito especial no meu coração. Através dele começou a minha história na Europa, e por isso mora no meu coração. Toda vez que volto a Paris é semore um motivo de muita emoção e alegria — disse.

O "Bruxo" ainda foi questionado sobre se teria vontade de voltar a atuar pelo PSG:

— Dá vontade. Chegando aqui e olhando o estádio, dá muita vontade. Mas não é mais possível, a idade não deixa mais — comentou, rindo.

Apesar do clima descontraído, a presença de Ronaldinho no estádio incomodou seu outro ex-clube. De acordo com o jornal espanhol "Sport", a notícia não caiu bem no Barcelona, que demonstrou certa insatisfação com o fato do brasileiro ter aceitado o convite do PSG. O clube catalão tem vínculo com Ronaldinho Gaúcho, que é embaixador e representa a equipe em diversos eventos ao redor do mundo.

Ronaldinho defendeu o PSG entre 2001 e 2003, antes de ser transferido para o Barcelona, onde jogou até 2008.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos