Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.920,61
    +356,17 (+0,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.934,91
    +535,11 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,75
    +0,04 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.816,30
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    56.251,06
    -598,39 (-1,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.460,63
    -10,78 (-0,73%)
     
  • S&P500

    4.201,62
    +34,03 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    34.548,53
    +318,19 (+0,93%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.347,00
    +15,63 (+0,05%)
     
  • NASDAQ

    13.641,00
    +43,25 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3632
    -0,0034 (-0,05%)
     

Rogério Ceni será mais gestor de elenco do que técnico no Flamengo

Alexandre Praetzel
·2 minuto de leitura
Rogério Ceni chega ao Flamengo com contrato até dezembro de 2021. Foto: Kely Pereira/AGIF
Rogério Ceni chega ao Flamengo com contrato até dezembro de 2021. Foto: Kely Pereira/AGIF

Rogério Ceni é o novo técnico do Flamengo. Ele deixou o Fortaleza para assumir o rubro-negro, com contrato até dezembro de 2021. No dia 12 de outubro, Ceni disse, em entrevista ao canal Sportv, que iria cumprir seu compromisso com o clube cearense, mas o convite do Fla mudou os planos, ainda mais com o elenco e as possibilidades de ser campeão nesta temporada.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Não canso de repetir. Rogério Ceni é um dos maiores profissionais que vi, na acepção da palavra. Lembro que ele saía do estádio Morumbi, já na madrugada depois dos jogos das 21h30 ou 22h, e era o primeiro a estar no campo de treinamentos, no dia seguinte. Um cara obcecado por vitórias, estudo, desafios e competitividade.

Leia também:

O perfil dele pode casar com o elenco recheado de jogadores do seu tamanho, à espera de alguém que dê uma chacoalhada no vestiário, após a restrição ao trabalho de Domènec. Ceni não terá que chutar a porta, como tentou fazer no Cruzeiro e foi engolido pelo grupo e gestores temerários.

No Flamengo, há grandes vitórias e títulos recentes. O ponto de interrogação é como Ceni irá lidar com atletas que dominam o futebol, atualmente. Na hierarquia, eles são os primeiros, à frente de executivos, presidentes e treinadores. Sem tempo para treinar, a conversa passa a ser o principal, com ideias claras, entrevistas simples e “justiça” nas escolhas. Sabendo “levar” e deixando o ambiente saudável, é meio caminho andado. Ou Ceni irá gritar e xingar algum jogador do seu tamanho, na beira do campo? No Fortaleza, foi natural. No Flamengo, não será. Ceni viverá a experiência de gerir pessoas, algo muito mais importante do que analisar vídeos e definir estratégias de jogos.

O blog mantém a opinião de que o Flamengo segue como favorito para ganhar tudo, repetindo a passagem de Jorge Jesus. Rogério Ceni tem capacidade para isso e será analisado e cobrado por resultados imediatos, como qualquer um seria. A ver.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos