Mercado abrirá em 4 h 21 min
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,23
    -0,05 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.831,50
    -4,60 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    56.877,36
    +1.445,23 (+2,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.540,14
    +1.297,46 (+534,64%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.986,58
    +38,59 (+0,56%)
     
  • HANG SENG

    28.231,04
    +217,23 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.289,00
    -57,00 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3379
    -0,0075 (-0,12%)
     

Rodrigo Bocardi se revolta após ser acusado de xenofobia: "Não pode respirar mais"

Bárbara Saryne
·1 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Globo
O jornalista recebeu críticas nas redes sociais (Foto: Reprodução/Globo)

Rodrigo Bocardi foi criticado após um comentário sobre temperatura no 'Bom Dia São Paulo' desta sexta-feira (16). Um internauta acusou o jornalista de xenofobia após ele dizer que "sofreu" com o calor de Cuiabá em uma conversa com a repórter Cristina Mayumi, que veio do centro-oeste.

Ao responder mensagens exibidas no telão, Bocardi se irritou com a acusação e explicou o que falou mais cedo para que todos entendessem que não se tratava de um preconceito com a região.

"A repórter Cristina Mayumi, que vem do centro-oeste, estava falando do friozinho aqui em São Paulo. Eu falei: 'Nossa, lá em Cuiabá, o tempo que eu fiquei lá fazendo reportagem, sofria com o calor, tinha que usar uma toalha na hora de aparecer em frente à câmera, porque transpirava muito'", justificou.

Na sequência, o jornalista leu a crítica do internauta: "Requintes de xenofobia ao se reportar à repórter que falou ser do centro-oeste e que não estava acostumada com o frio de São Paulo. Falando sobre o sofrimento que passou no Cuiabá, ficou evidente sua repulsa - mais na forma do que no conteúdo."

Ananda Apple falou que houve exagero por parte do seguidor e tentou amenizar a situação voltando a falar de uma reportagem sobre pessoas que estão pendurando livros em árvores. Visivelmente irritado, Bocardi voltou a ironizar o internauta que o acusou de xenofobia. 

"Você vai vendo o nível. Vou sugerir para ele dizer que agora eu estou sendo arnofóbico, porque 'nossa, o Rodrigo respirou' (...) Olha o ponto em que a gente está! Você não pode falar da temperatura, porque tem ar de xenofobia! Então você não pode respirar mais, Ananda Apple. Porque estará cometendo uma indelicadeza", disparou.