Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.622,14
    +1.421,98 (+2,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Roda futurista se dobra feito origami e deve auxiliar na exploração espacial

Gustavo Minari
·3 minuto de leitura

Toda vez que se ouve "alguém quer reinventar a roda", a frase soa com um tom meio pejorativo, dando a ideia de que querem mexer com algo que já funciona muito bem. Neste caso, a reinvenção faz todo sentido: cientistas da Coreia do Sul criaram uma roda futurista inspirada na técnica do origami e que é capaz de se dobrar, facilitando a transição entre diferentes terrenos e com possíveis aplicações bem interessantes.

Em japonês ori significa "dobrar", e kami, "papel". Tradicionalmente, as figuras representadas são elementos da natureza, como animais e plantas, sendo que cada um tem um significado específico. No caso dos pneus, a “dobradura” acontece quando eles mudam de forma, alterando a própria estrutura enquanto rodam por determinados tipos de superfície, dando mais autonomia ao veículo já que não é necessário parar para fazer isso.

Estrutura móvel torna as rodas dobráveis (Imagem: Reprodução/Science Robotics)
Estrutura móvel torna as rodas dobráveis (Imagem: Reprodução/Science Robotics)

Como funciona

Os pneus “dobráveis” utilizam bombas d’água para fazer a transição entre as formas de acordo com a pressão aplicada pelo sistema. O peso suportado pelo conjunto ultrapassa uma tonelada mesmo durante as mudanças nos formatos da estrutura que ocorrem em movimento.

Rodas semelhantes já foram apresentadas no passado, mas elas não eram eficientes ao transportar grandes quantidades de carga e mudar de forma ao mesmo tempo. A novidade agora é que os “pneus origami” possuem membranas flexíveis que estufam como uma gaita de fole, dando flexibilidade às bordas da roda, enquanto o centro permanece rígido.

Este novo conceito garante maciez e flexibilidade quando o pneu precisa absorver irregularidades e impactos vindos da superfície. É a mesma abordagem de um pneu de borracha comum, a diferença é que este tipo de banda de rodagem é capaz de lidar melhor com qualquer tipo de terreno.

Se o veículo estiver rodando em uma estrada asfaltada e de repente precisar se aventurar por uma trilha off road, por exemplo, o pneu origami vai dar conta do recado.

Rodas se adaptam a qualquer tipo de terreno (Imagem: Reprodução/Science Robotics)
Rodas se adaptam a qualquer tipo de terreno (Imagem: Reprodução/Science Robotics)

Já posso comprar?

Por enquanto, a roda dobrável está em fase de testes e a aplicação dela em veículos convencionais ainda é improvável. O potencial desta nova tecnologia está no desenvolvimento do conceito e na ampla variedade de uso em futuras missões espaciais.

“Se um rover lunar ou de Marte tivesse a capacidade de alternar entre os formatos de roda ao se mover de rochas para areia macia, isso poderia ajudar suas rodas a ter um desempenho mais otimizado e estender sua vida útil”, disse um dos responsáveis pelo projeto, o pesquisador Dae-Young Lee.

Rodas podem ser usadas em missões espaciais (Imagem: Reprodução/Science Robotics)
Rodas podem ser usadas em missões espaciais (Imagem: Reprodução/Science Robotics)

A equipe de cientistas da Coréia do Sul, que também contou a ajuda de pesquisadores da Universidade de Harvard e da empresa Hankook Tire and Technology, acredita que ainda não é possível colocar o protótipo no mercado de forma competitiva. A ideia é integrar a tecnologia de rodas dobráveis à fabricação de pneus de borracha até que a produção em massa seja economicamente viável.

Se no passado a fabricação de um objeto redondo, que podia se locomover com mais facilidade, fez a raça humana dar um passo adiante no desenvolvimento da tecnologia, agora os pesquisadores esperam que a descoberta revolucione o sistema de transporte, não só aqui na Terra, mas também em outros planetas.

Você gostaria que seu próximo carro viesse com um “pneu origami” de fábrica? Comente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: