Mercado abrirá em 1 h 32 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,92
    +1,35 (+2,06%)
     
  • OURO

    1.775,90
    -8,40 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    56.619,15
    -520,07 (-0,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.441,52
    -27,57 (-1,88%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.118,89
    -49,79 (-0,69%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.900,75
    +31,00 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4085
    -0,0383 (-0,59%)
     

Rocket Lab quer usar um helicóptero para recuperar 1º estágio de foguete

·2 min de leitura

A Rocket Lab revelou um plano ambicioso e inovador para recuperar o primeiro estágio de seu foguete Electron. Após o sucesso do lançamento mais recente, a Rocket pretende recuperar o booster ainda no ar usando um helicóptero, o que deve acontecer no primeiro semestre de 2022.

Recentemente, a empresa enviou um satélite à órbita da Terra sob contrato da BlackSky. O primeiro estágio do foguete retornou à superfície em uma descida controlada por paraquedas, pousando no Oceano Pacífico. Na ocasião, um helicóptero estava estacionado próximo à zona de recuperação, mas apenas para testar o rastreamento do booster e a comunicação com a esquipe.

Um helicóptero foi usado em um teste de recuperação do 1º estágio (Imagem: Reprodução/Rocket Lab)
Um helicóptero foi usado em um teste de recuperação do 1º estágio (Imagem: Reprodução/Rocket Lab)

Agora, a Rocket Lab avança em seus esforços para tornar a reutilização do primeiro estágio uma realidade, o que aumentaria a capacidade de lançamentos da empresa à medida que reduziria os custos. O objetivo é recuperar os propulsores ainda no ar com um helicóptero e levá-los para inspeção, reforma e, por fim, reuso.

O fundador e CEO da empresa, Peter Beck, disse que a quarta tentativa de recuperação da empresa contará com o helicóptero e que há uma boa chance de sucesso na operação. "Fizemos testes suficientes em baixas altitudes para saber que, se pudermos nos encontrar com ele, com certeza podemos pegá-lo", acrescentou Beck.

Helicóptero será adaptado para isso

A empresa ainda precisar realizar algumas adaptações no helicóptero para realizar a captura do primeiro estágio ainda no ar, disse Beck. A aeronave em questão é um Sikorsky S-92, a mesma envolvida no lançamento mais recente. No entanto, ainda não há uma data definida de quando ocorrerá a tentativa de recuperação.

O atual sistema de recuperação de 1º estágio da Rocket Lab. Com o helicóptero, o booster não cairá no oceano (Imagem: Reprodução/Rocket Lab)
O atual sistema de recuperação de 1º estágio da Rocket Lab. Com o helicóptero, o booster não cairá no oceano (Imagem: Reprodução/Rocket Lab)

Para dezembro deste ano, a Rocket Lab pretende realizar a missão A Data With Destiny, pela qual lançará dois satélites de observação da Terra para a BlackSky, da mesma forma que conduziu o último lançamento bem-sucedido. Até o momento, ela ainda não reutilizou nenhum lançador.

O sucesso da recuperação do primeiro estágio com um helicóptero significará um grande salto para a empresa. "Se tudo estiver como parece, devemos conseguir empilhar novamente esse estágio... e capazes de empurrá-lo de volta para o bloco", ressaltou Beck.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos