Mercado fechado

Rock in Rio deve ajudar a compensar demanda morna por passagem de ônibus no 7 de Setembro

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 24.07.2022 - Vista aérea da rodovia Raposo Tavares, na altura do km 18, em São Paulo. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 24.07.2022 - Vista aérea da rodovia Raposo Tavares, na altura do km 18, em São Paulo. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O Rock in Rio deve ajudar a esquentar a venda de passagens rodoviárias no início deste mês, que tem registrado demanda mais morna para o feriado de 7 de Setembro.

Segundo a Buser, a expectativa é chegar a 55 mil passageiros embarcados com destino ao Rio de Janeiro para o período de 1 a 12 de setembro. Até segunda (29), a plataforma contava 47 mil reservas. Na comparação com o mesmo período em agosto, o aumento é de 60%. Para atender a demanda, a empresa diz que contratou parceiros extras para criar mais de 660 novos grupos para o Rio.

"Como o Rock in Rio começa na sexta-feira desta semana, e o 7 de Setembro ficou no meio, pode ser que haja uma falsa sensação de que esse aumento de demanda se refere ao feriado. Mas o que a gente tem visto e, pelo que a gente conhece de comportamento de compra, essa alta de demanda é muito mais em função do Rock in Rio", afirma Letícia Pineschi, da Abrati (associação das empresas de transportes de passageiros).

Segundo Pineschi, o evento deve compensar a baixa procura para um feriado que cai na quarta-feira. "São duas semanas [de festival], então você consegue diluir a demanda", afirma ela.

Até a última segunda (29), a capital fluminense estava no topo da lista de destinos mais procurados na ClickBus, marketplace de venda de passagens rodoviárias, para o feriado da Independência, seguida por São Paulo e Curitiba.

A plataforma Buson também registrou alta para o 7 de Setembro na rota que sai de São Paulo em direção ao Rio na comparação com a semana anterior.