Mercado fechado

Robô responderá perguntas do Parlamento do Reino Unido sobre IA

Patrícia Gnipper
Pepper, o robô, foi convidado pelo Parlamento do Reino Unido para dar declarações sobre o impacto da IA no mercado de trabalho. Contudo, ele não pensa por conta própria: fornecerá respostas pré-programadas, apenas

Um robô foi intimado pelo Parlamento do Reino Unido para ser uma espécie de réu em um julgamento inusitado: Pepper vai responder perguntas sobre o impacto da inteligência artificial no mercado de trabalho.

De acordo com o Comitê de Educação local, "o Pepper faz parte de um projeto de pesquisa internacional que desenvolve os primeiros robôs culturalmente conscientes do mundo, com o objetivo de ajudar os idosos; o comitê ouvirá sobre seu trabalho e que papel a automação e a robótica podem desempenhar no local de trabalho e na sala de aula do futuro".

Contudo, Pepper não é capaz de dar respostas como se fosse um humano, pois ele funciona mais ou menos como a assistente Alexa, sendo programado para fornecer informações, mas não sendo capaz de formular ideias próprias. Sendo assim, a audiência pode, na verdade, ser uma imensa perda de tempo.

Mas o Parlamento sabe de tudo isso e, em contato com o The Verge, um oficial do Comitê disse que o robô vai somente fornecer respostas pré-programadas escritas por pesquisadores de robótica da Middlesex University, que também fazem parte do grupo de testemunhos do mesmo painel. Portanto, de acordo com o mesmo porta-voz, a audiência com Pepper "proporcionará uma oportunidade para os membros explorarem tanto o potencial quanto as limitações de tal tecnologia, bem como as capacidades do robô".


Fonte: Canaltech