Mercado fechará em 3 h 17 min
  • BOVESPA

    108.177,40
    -224,88 (-0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.164,95
    -189,91 (-0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,05
    -0,71 (-0,78%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +7,70 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    23.110,19
    -770,40 (-3,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    536,03
    -21,32 (-3,83%)
     
  • S&P500

    4.117,53
    -22,53 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    32.789,74
    -42,80 (-0,13%)
     
  • FTSE

    7.488,15
    +5,78 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    20.003,44
    -42,33 (-0,21%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    12.976,00
    -207,25 (-1,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2439
    +0,0345 (+0,66%)
     

Robô jogador de xadrez quebra dedo de criança de 7 anos

Um robô criado para jogar xadrez como profissional quebrou acidentalmente o dedo do seu oponente, uma criança de apenas sete anos, durante uma partida de exibição em Moscou, na Rússia. Isso teria ocorrido após o humano mover a peça, atitude que fez com que o robô agarrasse e apertasse o dedo até fraturá-lo.

Quando a ajuda chegou, já era tarde demais, porque o dedo da criança havia se partido. O presidente da Federação de Xadrez de Moscou, Sergey Lazarev, confirmou o caso e lamentou o incidente. "O robô quebrou o dedo da criança. Isso é obviamente ruim", declarou.

O vídeo acima mostra o exato momento em que a máquina pinça o dedo do menino e o segura por vários segundos, até a chegada de um grupo de pessoas para libertá-lo. Não se sabe ainda o que causou a "ira da máquina", mas as especulações iniciais apontam para um movimento antes da hora. A criança teria feito uma jogada, não esperou o robô concluir a dele e já tentou fazer outra.

Conforme os criadores, o Chessrobot está equipado com inteligência artificial capaz de jogar três partidas ao mesmo tempo. Em 19 de julho, ele jogou simultaneamente contra três jovens talentos, incluindo Christopher, a vítima de 7 anos, considerado um dos 30 enxadristas mais fortes de Moscou na atualidade.

Fabricante deve modificar

Segundo Lazarev, a falha é grave e a empresa fabricante do robô vai precisar trabalhar em um aspecto de segurança para repensar o modelo. Se o robô fez isso por uma suposta tentativa de trapaça, que nem ocorreu de verdade, imagina o que faria caso fosse derrotado?

A criança ainda retornou para jogar no dia seguinte — contra um humano dessa vez — e encerrar o torneio. Já os pais garantem que vão processar a organização pela confusão, que deixou sequelas físicas e emocionais no filho. O oficial russo responsável pelo campeonato, Sergey Smagin minimizou o incidente e disse que a máquina era "absolutamente segura" — ainda não de sabe se o robô será apontado.

É, parece que as máquinas realmente não são programadas para perder. Imagine se isso ocorresse com robôs maiores, mais pesados e mais fortes? A revolta pode começar exatamente assim, com uma derrota em uma partida de xadrez. Alguém chame Sarah Connor, por favor!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos