Mercado fechará em 2 h 22 min
  • BOVESPA

    107.744,07
    -3.695,30 (-3,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.663,90
    -643,81 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,60
    -1,37 (-1,90%)
     
  • OURO

    1.763,90
    +12,50 (+0,71%)
     
  • BTC-USD

    43.987,26
    -3.460,61 (-7,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.100,54
    -33,84 (-2,98%)
     
  • S&P500

    4.336,65
    -96,34 (-2,17%)
     
  • DOW JONES

    33.824,46
    -760,42 (-2,20%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    14.931,00
    -395,00 (-2,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2586
    +0,0592 (+0,95%)
     

Riquelme detona o Brasil e relata maus-tratos em delegacia de BH: 'Te arrebentam e ninguém faz nada'

·2 minuto de leitura


Após a classificação do Atlético-MG nos pênaltis em cima do Boca Juniors (3 a 1 após 0 a 0 no tempo normal), houve uma grande confusão na entrada do vestiário do Mineirão, iniciada pela delegação argentina. A desclassificação ainda não foi engolida no país vizinho. Riquelme, vice-presidente do clube de Buenos Aires, deu fortes declarações atacando o Brasil. Segundo o ex-jogador, os brasileiros 'têm permissão para fazer tudo'.
+ Confira todos os resultados da Libertadores

- Não estamos contentes com a imagem do outro dia. O primeiro: é fácil falar sentado em uma cadeira. Mas termina o jogo, você vai caminhando pelo corredor, o segurança te empurra, te acerta um soco. A polícia te joga gás na cara, te arde a cara. Você vai se defender? O que você vai fazer? - disse em entrevista à Rádio 10, de Buenos Aires.

- No Brasil vale tudo. E ninguém faz nada. O Tigre não jogou o segundo tempo [da final da Sul-Americana de 2012]. Eles têm permissão para fazer tudo[os brasileiros]. Te arrebentam na paulada. Nos arrebentaram, mas não aconteceu nada porque ganhamos a Copa. Eu joguei contra o Palmeiras em 2001 e nunca vivi uma coisa igual - afirmou.

De acordo com Juan Román Riquelme, a delegação do Boca Juniors sofreu maus-tratos na delegacia mineira. Os argentinos foram obrigados a depor pela agressão de funcionários e por iniciar a confusão generalizada no Mineirão. Os depoimentos duraram cerca de 12h.

- Estávamos jogando a semifinal de Libertadores e um torcedor invadiu o campo, acertou uma tesoura no bandeirinha e depois deu um peixinho no gramado. No Brasil vale tudo, nos maltrataram bastante na delegacia, fizeram o depoimento durar mais de dez horas. Vejam vocês, o presidente do Atlético-MG estava atirando garrafas e estava em sua casa - acusou.

- O que você faz? Entendo que você é jornalista e quer se fazer de santo. Mas se te batem, te jogam aerosol nos olhos...Não estou de acordo com a imagem, mas é preciso se defender - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos