Mercado fechará em 5 h 7 min
  • BOVESPA

    103.421,61
    +1.197,35 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,36
    +4,21 (+6,18%)
     
  • OURO

    1.791,90
    +3,80 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    57.389,16
    +3.051,48 (+5,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.440,91
    -14,50 (-1,00%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.138,70
    +94,67 (+1,34%)
     
  • HANG SENG

    23.852,24
    -228,28 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.218,75
    +167,75 (+1,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3240
    -0,0245 (-0,39%)
     

Rio libera lotação máxima em shoppings, teatros e cinemas

·1 min de leitura
Pessoas reunidas em bar no Rio de Janeiro em meio à pandemia de Covid-19

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou uma nova ampliação da flexibilização das medidas de restrição contra a Covid-19 e liberou cinemas, teatros, shoppings, museus, bibliotecas e outros estabelecimentos para operarem com sua lotação máxima, mantendo a obrigatoriedade de uso de máscaras nesses locais.

Com o anúncio, apenas boates e danceterias seguem proibidas de funcionar na cidade. Os jogos de futebol podem ter até 50% de público nos estádios. Segundo o secretário de Saúde do município, Daniel Soranz, a pandemia de Covid-19 se encaminha para o fim.

O governo municipal, comandado pelo prefeito Eduardo Paes (PSD), planeja acabar com a obrigatoriedade de uso de máscaras na cidade a partir da semana que vem.

"A situação está controlada no Rio", afirmou Soranz. "Primeiro vamos liberar máscaras em locais abertos e depois em locais fechados", acrescentou.

A capital fluminense apresenta há 8 semanas queda nos indicadores da pandemia. A vacinação avançou nesse período, embora a aplicação da terceira dose em idosos esteja paralisada desde sábado. Ela deve ser retomada nesta semana

Na capital fluminense, 87% das pessoas tomaram uma primeira dose de uma vacina contra a Covid e 61% receberam a segunda dose.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos