Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,45 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,37 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    -1,66 (-2,13%)
     
  • OURO

    1.754,00
    +8,40 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    16.469,00
    -50,77 (-0,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,97
    +4,32 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,97 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.283,03
    -100,06 (-0,35%)
     
  • NASDAQ

    11.782,80
    -80,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6244
    +0,0991 (+1,79%)
     

Rio Grande do SUL ainda tem 10 pontos bloqueados

PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - Ao longo da tarde desta terça-feira (1º), a PRF no RS trabalha para liberar os bloqueios em cumprimento a decisão judicial do STF. Eram 17 pela manhã e conforme o último balanço, das 14h30min, são dez pontos ainda bloqueados –sete deles completamente e três parcialmente.

Os bloqueios parciais –em apenas uma das pistas– ficam na BR-158 em Panambi e em Cruz Alta e na BR-285 em Lagoa Vermelha. Seguem totalmente bloqueados trechos da BR-153 em Erechim, da BR-287 em São Borja, da BR-472 em Santa Rosa e Três de Maio, da BR-385 em Frederico Westphalen,] e da BR-285 em Ijuí e Entre-Ijuís.

Os policiais rodoviários também trabalham na limpeza das pistas, como em Tapes, no km 340 da BR-116, onde uma barricada de pneus incendiada foi abandonada pelos manifestantes. Mais cedo, pela manhã, houve uso de gás lacrimogêneo contra manifestantes que insistiam em bloquear a BR-116 em Novo Hamburgo.