Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.390,64
    +1.878,88 (+3,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Rio de Janeiro cogita barrar entrada entrada de visitantes no estado: “É hora de turismo aqui?”

·1 minuto de leitura
RIO DE JANEIRO, BRAZIL  JANUARY 30 - A general view of Ipanema beach is seen as thousands gathered to cool off during a hot day in Rio De Janeiro, Brazil on January 30, 2021. The thermal sensation reached 42 degrees in the city. Military Police try to avoid crowding people on Ipanema beach. Brazil has 1,279 deaths in the last 24 hours total exceeds 223 thousand deaths. (Photo by Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
Praia de Ipanema, na Zona Sul da capital carioca, em 30 de janeiro de 2021 (Foto: Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)

O governo do Rio de Janeiro cogita fechar as fronteiras do estado e impedir a entrada de turistas para frear a contaminação por covid-19. A informação foi dada pelo secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves.

“Eu vejo as praias cheias de turistas. É hora de turismo aqui? É hora de samba na praia? Eu acho que não. Estamos conversando com a Vigilância Epidemiológica sobre isso. Tem vários posicionamentos a serem colocados - uns mais drásticos, outros mais leves”, declarou.

Leia também

Na próxima sexta-feira, 12, os indicadores da covid-19 no estado serão reavaliados. A partir de então, o estado decidirá se barra ou não os turistas. Nesta quarta-feira, a ocupação de leitos de UTI no SUS estava em 95%.

Sobre a reabertura de hospitais de campanha no estado, Carlos Alberto Chaves foi categórico ao negar a possibilidade. “Não vamos colocar paciente em container, nem reabrir hospital de campanha. Ponto. Eu não quero ser o quinto ou sexto secretário de Saúde na cadeia.”

Em relação à vacinação, o Rio de Janeiro tem calendário até o próximo sábado, 13. Na quinta-feira, 11, serão imunizados idosos de 76 anos, enquanto pessoas de 75 poderão receber a vacina na sexta, 12. No sábado, o estado vacinará qualquer um com mais de 75 anos que tenha perdido a data correta.

No estado do Rio, 666 mil pessoas já foram vacinadas com pelo menos uma dose da vacina, equivalente a 3,84% da população.d