Mercado fechará em 3 hs
  • BOVESPA

    121.273,26
    +567,35 (+0,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.175,38
    +346,07 (+0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,27
    +1,45 (+2,27%)
     
  • OURO

    1.838,50
    +14,50 (+0,79%)
     
  • BTC-USD

    50.848,57
    +2.210,44 (+4,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.422,32
    +63,76 (+4,69%)
     
  • S&P500

    4.170,71
    +58,21 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.358,10
    +336,65 (+0,99%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.358,75
    +258,50 (+1,97%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3791
    -0,0334 (-0,52%)
     

Rio bate recorde da média móvel de mortes por Covid-19 de toda a pandemia pelo segundo dia seguido

Felipe Grinberg
·2 minuto de leitura

RIO — Pelo segundo dia consecutivo o Rio bateu o triste recorde da média móvel de mortes por Covid-19. Neste domingo foram confirmados novos 148 óbitos, o que levou o indicador ao patamar de 270 mortes diárias nos últimos sete dias. Com os números deste domingo, a média móvel apresenta aumento de 22% em relação há duas semanas, indicando um cenário de aumento do contágio.

A "média móvel de 7 dias" faz uma média entre o número de mortes do dia e dos seis anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o "ruído" causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

No Rio, dos vintes maiores recordes da média móvel de mortes por Covid-19, 18 são de 2021. Entre os 18 maiores de 2021, todos são deste mês de abril.

Os cinco maiores recordes da média móvel de mortes por Covid-19:

18 de abril de 2021: 27017 de abril de 2021: 26609 de abril de 2021: 26014 de abril de 2021: 25815 de abril de 2021: 253

Neste domingo também foram quase 4 mil novos casos da doença, o que deixou a média móvel de casos em 3.385 novas confirmações.

A análise dos dados foi feita a partir do levantamento do consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, que reúne informações das secretarias estaduais de Saúde.

Os cinco maiores recordes de mortes por Covid-19:

17 de abril de 2021: 44603 de abril de 2021: 41101 de abril de 2021: 38709 de abril de 2021: 38108 de abril de 2021: 375