Mercado abrirá em 1 h 32 min
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,44
    +0,06 (+0,09%)
     
  • OURO

    1.773,60
    +3,00 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    55.853,46
    -660,10 (-1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.261,46
    -37,49 (-2,89%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    6.920,67
    -79,41 (-1,13%)
     
  • HANG SENG

    29.135,73
    +29,58 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    29.100,38
    -584,99 (-1,97%)
     
  • NASDAQ

    13.837,50
    -59,75 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6864
    +0,0107 (+0,16%)
     

Richard Stallman volta ao conselho da FSF e causa revolta de ativistas

Felipe Ribeiro
·2 minuto de leitura

A Free Software Foundation (FSF) tomou atitudes polêmicas recentemente. A instituição, que é um baluarte dos defensores do software livre, decidiu trazer de volta ao conselho de administração seu controverso fundador, Richard Stallman, conhecido por seu comportamento preconceituoso contra grupos diversos. Como forma de protesto, inúmeros ativistas de comunidades relacionadas à FSF estão pedindo o dissolvimento do conselho da entidade — incluindo, claro, Stallman.

Stallman fundou a FSF em 1985 e serviu como seu presidente até sua renúncia em 2019. Ele anunciou seu retorno ao conselho como membro, mas não presidente, na conferência LibrePlanet, feita pela FSF no fim de semana passado. Para situar melhor o leitor do Canaltech, Stallman renunciou ao seu cargo de presidente após o vazamento de e-mails em que ele confessa participar de um ato de pedofilia e tráfego de sexual de menor de idade, debochando da vítima alegando que ele tinha 17, 18 anos.

Carta Aberta

Por meio de carta aberta, nomes como Neil McGovern, diretor executivo da GNOME Foundation e ex-líder do projeto Debian; Deb Nicholson, gerente geral da Open Source Initiative; Matthew Garrett, ex-membro do conselho de diretores da FSF; sete dos oito membros da diretoria da Fundação X.org; Elana Hashman, do Comitê Técnico Debian, Open Source Initiative e projeto Kubernetes; Molly de Blanc do Projeto Debian e Fundação GNOME, entre outros, pedem que a diretoria, conselho e o próprio Stallman sejam afastados da entidade.

Imagem: Ruben Rodriguez/mediaglobin
Imagem: Ruben Rodriguez/mediaglobin

"Richard M. Stallman tem sido uma força perigosa na comunidade do software livre por muito tempo. Ele se mostrou misógino, capaz e transfóbico, entre outras graves acusações de impropriedade. Esse tipo de crença não tem lugar nas comunidades de software livre, direitos digitais e tecnologia. Com sua recente reintegração ao Conselho de Diretores da FSF, pedimos que todo o Conselho renuncie e que RMS seja removido de todos os cargos de liderança", diz a carta.

Os redatores da carta aberta também postaram uma página que listava várias declarações de Stallman sobre as leis de idade de consentimento, e uma declaração na qual ele recomendava o aborto de fetos com Síndrome de Down.

A FSF ainda não se pronunciou sobre o tema, mas o nome de Stallman está de volta entre os membros do conselho.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: